ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

Arena em Debate 27: Rodeio na Austrália, EUA e Brasil

A 27ª EDIÇÃO DO ARENA EM DEBATE CONTINUA DANDO DESTAQUE PARA O RODEIO COMPLETO, COM A FINAL AUSTRALIANA E OS 20 EVENTOS DA PRCA REALIZADOS NO ÚLTIMO FIM DE SEMANA, QUE AJUDARAM A ESQUENTAR AINDA MAIS O JÁ CONCORRIDO CAMPEONATOBlog Arena Bruta

Novamente “viajando” pelas Arenas mundo a fora, os colunistas Eugênio José e Abner Henrique abordam e discutem os principais assuntos da semana, com destaque para o Rodeio Completo tanto na Austrália como nos Estados Unidos e a etapa da PBR Brazil em Americana
Eugênio José: TREVOR BRAZILE, lidera o ranking do All-Around Cowboy (Cowboy Completo) da PRCA. São aproximadamente 17 mil dólares a frente do segundo lugar. Uma boa vantagem, mas, o próprio site da PRCA, destacou esta semana que em outros anos, nesta mesma época, ele estava aproximadamente 60 mil dólares a frente de segundo lugar. O Laço em Dupla tem sido seu ponto forte nos últimos anos. Nessa modalidade ele está na 37ª posição. O Steer Roping, outra modalidade que participa, está na 7ª posição, nos anos anteriores era mais competitivo e brigava pelo título. No Laço em Bezerro, está na 5ª posição, e o laço era seu ponto fraco nos últimos anos. A pergunta é? Toda Final Mundial começava, e já sabíamos que BRAZILE, seria campeão do All-around, são dez títulos, sendo sete seguidos. Quem seria o competidor a tirar a seqüência que se repete a sete anos de BRAZILE, Abner?

Abner Henrique: Uma vez, o ADRIANO MORAES disse que depois de conquistar o Tri-Campeonato Mundial da PBR, não havia mais ninguém a sua frente, nenhum recorde a se bater, então mesmo indiretamente faltava um fator ‘motivante’. Acredito que possa ser isso que aconteceu com TREVOR BRAZILE. Não há mais nenhum recorde a ser batido, ai o competidor acaba relaxando. Quanto a concorrência, LANDON MCCLAUGHERTY parece ser o adversário do ano. Está muito bem no Laço em Dupla e vai a NFR, então a briga será boa. SHANE PROCTOR corre por fora, se ele subir na pontuação dos touros, briga pelo título. Falando em Montaria em Touros, como você noticiou Eugênio José, depois de muitos meses temos um novo líder, TYLER SMITH. Outro destaque é ELLIOTT JACOBY, um competidor que veio da PBR e assumiu a liderança do Ranking de Rookie of the Year este fim de semana. Ele passou a frente de COOPER DAVIS, que também venceu um evento marcando 93 pontos, inclusive, esta foi a nona nota acima dos 90 pontos conquistada por DAVIS nesta temporada. Temos uma nova geração confiável na PRCA, ou é apenas uma pequena boa fase?

Trevor Brazile, melhor competidor completo dos últimos sete anos, tem liderança ameaçada em 2013 (Foto: Mike Coppeman)

Trevor Brazile, melhor competidor completo dos últimos sete anos, tem liderança ameaçada em 2013 (Foto: Mike Coppeman)

EJ: Eu creio na renovação sim, se olharmos o TOP15 da PRCA, deu uma mudada boa, com o exceção do J. W. HARRIS, que parece estar disposto para brigar por mais um título mundial. Novos nomes apareceram, é verdade, porém, como já frisamos aqui, nomes da PBR, no TOP 50, e nomes tradicionais. Então a renovação, se dá por completo na modalidade touros na PRCA. O fato é que a PRCA, a cinco ou mais anos atrás, deu uma bambeada, com a chegada da PBR. Mas, hoje ela está fortalecida, estabilizada e vai bem obrigado. A tradição, fala mais alto nesta entidade, que se garante, realizando o rodeio completo. Sobre os 93 pontos do COOPER DAVIS, notei que o site da PRCA, fez um destaque, sobre a nota, o título, etc. Porque lá 93 pontos é realmente algo raro e difícil de conseguir, já aqui no Brasil, se formos fazer matéria para 93 pontos, não dava para escrever sobre mais nada. Não é verdade Abner?

AH: Não é que seja raro, mas como você destacou, somente neste fim de semana foram 20 eventos da PRCA, então não dá pra reunir todos os melhores touros em uma mesma arena, já aqui no Brasil, isto é possível. Mas falando ainda de rodeio Completo, vamos a Austrália, com a Final do Campeonato Nacional. Mais uma vez, um grande evento reunindo os melhores animais e os melhores atletas da Oceania e que apesar da premiação por lá ainda não ser das melhores, a “briga” pela fivela é sempre boa. O que não deu muito certo por lá, foram as suas apostas, Eugênio José. Semana passada você citou três nomes aqui na Montaria em Touros, eu completei dizendo que você tinha deixado de fora um nome, FRASER BABBINGTON. E foi exatamente ele, o neo-zelandês que faturou o título e pelo que li sobre ele, em breve estará competindo nos Estados Unidos. Agora você o conhece?

Nascido na Nova Zelândia, Frase Babbington vem se destacando no Rodeio Australiano e conquistou o título Nacional de 2013 (Foto: Matt Roberts)

Nascido na Nova Zelândia, Frase Babbington vem se destacando no Rodeio Australiano e conquistou o título Nacional de 2013 (Foto: Matt Roberts)

EJ: Sim, conheço ele sim, mas, minhas apostas eram aquelas, nem sempre eu ganho, embora sempre tenho ganhado de você. RSS. A final Australiano tem um formato diferente, quem monta bem no final de semana ganha a temporada, pois, as pontuações são zeradas. O que a final da APRA – Austrália Professional Rodeo Association, nos mostra é a força do rodeio na Oceania. Vale até uma breve relato sobre a história destes dois países: Austrália e Nova Zelândia. JIM IVORY, Americano, ex-peão da modalidade Bareback,  vice-campeão mundial pela PRCA, Ex-juiz, Ex-tropeiro com animais pulando na NFR, Presidente da IPR – International Pro Rodeo,  morou na Austrália, onde ele conheceu o JOHN OSBORNE, que era um dos cabeças da APRA, que ajudou a melhorar o rodeio na Nova Zelândia. Durante muito tempo a Federação de Nova Zelândia, se baseou, na Australiana e agora o peão da Nova Zelândia vence lá na terra do Canguru. No Brasil tivemos mais uma etapa da PBR Brasil, o que você destaca Abner?

AH: Bons touros e bons competidores nunca foram novidade em Americana né, e dessa vez não foi diferente. Destaco a vitória de FABIANO VIEIRA e o vice de EDUARDO APARECIDO, ambos estão no top da BFTS e somaram pontos importantes. Outro grande destaque foi OTÁVIO MARINO, que ficou com a terceira colocação neste evento. Parece que surge mais uma grande promessa na Montaria em Touros brasileira. Mas não foi somente em Americana que a PBR ferveu. Nos Estados Unidos aconteceu o famoso evento do tropeiro CHAD BERGER, em Bismarck, na Dakota do Norte. O destaque lá foi CODY NANCE, atual quinto colocado no mundial que parou em Smackdown e obteve 92 pontos e CHASE OUTLAW, que também marcou 92 pontos e venceu a etapa. Assim como no Brasil, a terceira colocação ficou com um novato, ZAC PETERSON, competidor universitário. Pra encerrar, voltamos ao Brasil, onde Americana sediou mais uma etapa do Super Horse Três Tambores. Disputa acirrada entre CAROLINE RUGOLO e KEYLA POLISELLO, mas no final, Carol conquistou sua quarta vitória nesta arena. Em contra-partida, Keyla segue na liderança do Ranking deste Campeonato, que é realizado em parceria com as etapas da PBR Brazil.

Montando o touro Baleado, Cia. Paulo Emilio, o paranaense Fabiano Vieira conquistou a vitória em Americana (Foto: André Silva)

Montando o touro Baleado, Cia. Paulo Emilio, o paranaense Fabiano Vieira conquistou a vitória em Americana (Foto: André Silva)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 19 de junho de 2013 por em Arena em Debate.
%d blogueiros gostam disto: