ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

PRCA: Campeões Mundiais de 2012

NOITE EMOCIONANTE EM LAS VEGAS DEFINE OS NOVOS CAMPEÕES MUNDIAIS DA PROFESSIONAL RODEO COWBOYS ASSOCIATION, O MAIOR CAMPEONATO DE RODEIO DO MUNDOBlog Arena Bruta National Finals Rodeo

 

(por @HenRiQue_Bad) Na sexta-feira, Tuf Cooper declarou que no último dia de competição os atletas iam fazer valer a pena o valor ingresso pago por quase 18 mil pessoas que lotaram o Thomas & Mack Center em Las Vegas. E foi exatamente isso que aconteceu. Com todas as modalidades indefinidas, o Round 10 prendeu a atenção de todos do início ao fim e a noite terminou com a coroação dos campeões mundiais da temporada nas sete modalidades da PRCA – Professional Rodeo Cowboys Association.

TRÊS TAMBORES (Barrel Racing)

Havia poucas possibilidades de Mary Walker não confirmar seu primeiro título mundial e todas elas se acabaram quando Brittany Pozzi derrubou um dos tambores na sua última apresentação na arena de Las Vegas. Com isso, Walker garantiu a fivela de ouro mesmo antes de entrar na arena. A competidora de 53 anos, que se classificou para a Final Mundial pela primeira vez depois de 30 anos fez uma apresentação sem erros e terminou o ano com US$ 70 mil a mais que Carlee Pierce, que conquistou o segundo lugar no mundial. A campeã da NFR foi a também veterana Brenda Mays, única atleta que não derrubou nenhum tambor durante os 10 dias.

Mary Walker com a merecida fivela de campeã mundial após 30 anos de carreira

Mary Walker com a merecida fivela de campeã mundial após 30 anos de carreira

LAÇO DO BEZERRO (Tie-Down Roping)

Tuf Cooper e Justin Maass chegaram a última noite praticamente empatados e quem completasse a prova em menor tempo, sem erros, seria o Campeão Mundial. Maass, que liderou o ranking desde fevereiro, laçou com 13.20 segundos e abriu caminho para o segundo título consecutivo de Cooper. O texano de 22 anos entrou na arena sabendo que precisava apenas fazer um bom tempo e depois de completar a prova com 7.90 segundos, tornou-se um dos três únicos competidores da história da modalidade a conquistar títulos seguidos. A diferença entre os dois ficou em US$ 35 mil devido a premiação que Tuf Cooper ganhou pela segunda colocação na classificação da NFR. O campeão do evento foi Adam Gray, que mesmo com o bom desempenho ficou fora do TOP 5 da temporada.

Em noite histórica, Tuf Cooper conquista segundo título mundial e bate recorde de Ty Murray

Em noite histórica, Tuf Cooper conquista segundo título mundial e bate recorde de Ty Murray

SELA AMERICANA (Saddle Bronc)

O título nesta modalidade foi decidido nos detalhes, somente após a soma de cada centavo ganho pelos quatro atletas que estavam na disputa. Jesse Wright liderava o ranking, mas suas três quedas no meio da semana o obrigavam a pontuar e ganhar premiação na noite. Wright marcou 80.50 pontos e uma premiação diária, mais a premiação pela colocação final no evento, garantiram seu primeiro título mundial. O competidor de 23 anos havia sido vice-campeão em 2011 e encerrou essa temporada com US$ 226.886, pouco mais de US$ 700 a frente do segundo colocado, Cody DeMoss. O experiente DeMoss foi o único invicto da modalidade, depois de obter nota nas 10 noites e vencer pela primeira vez a NFR. Apesar do excelente desempenho, foi a quinta vez na carreira que o atleta termina o ano com o vice-campeonato.

Jesse Wright conquistou seu primeiro título em uma das mais emocionantes finais da modalidade

Jesse Wright conquistou seu primeiro título em uma das mais emocionantes finais da modalidade

LAÇO EM DUPLA (Team Roping)

As possibilidades do título na modalidade ser dividido entre atletas de duplas diferentes eram grandes, mas o que ninguém esperava era a vitória de Jade Corkill, como pezeiro. O atleta que laça com Kalleb Driggers ganhou mais de US$ 30 mil na última noite e ultrapassou o então líder, Patrick Smith, que terminou a prova com um tempo alto. Corkill, que embolsou US$ 196 mil na temporada dedicou seu primeiro título a seu parceiro, que segundo ele, errou menos ao longo do ano e era quem merecia esta fivela. Na categoria cabeceiro a vitória ficou com Chad Masters, que também havia sido campeão em 2007. Masters e Clay Cooper foram os únicos que não erraram nenhuma laçada e ficaram com as fivelas de campeões da NFR.

Jade Corkill supera Patrick Smith e fica com a fivela de melhor "pezeiro" da temporada

Jade Corkill supera Patrick Smith e fica com a fivela de melhor “pezeiro” da temporada

BAREBACK (Bareback Riding)

Will Lowe buscava seu quarto título mundial, mas disputava contra um empolgado, sortudo e quase impecável Kaycee Feild. Na última noite, Lowe marcou 82 pontos, que o deixou fora da faixa de premiação diária. Naquele momento ele só seria campeão se seu concorrente não permanecesse os oito segundos, mas Feild conquistou a terceira melhor nota da noite, garantiu a vitória no evento e o título mundial, ambos pelo segundo ano seguido. O competidor ganhou premiação em oito dos 10 Round’s da NFR, incluindo três vitórias que o deixaram com um total de US$ 276.850 na temporada. Lowe foi novamente vice-campeão, com US$ 56 mil a menos.

Kaycee Feild domina NFR e vence segundo campeonato consecutivo no Bareback

Kaycee Feild domina NFR e vence segundo campeonato consecutivo no Bareback

BULLDOG (Steer Wrestling)

Doze atletas tinha chances matemáticas de conquistar o título na ultima noite, mas isso só seria possível para 11 deles, caso Luke Branquinho cometesse um erro. Experiente, Branquinho fez uma apresentação estratégica em 4.20 segundos, que lhe garantiu seu quarto título mundial na modalidade, tornando-se o segundo maior vencedor de todos os tempos. Com US$ 158 mil na temporada, ele também tornou-se o primeiro competidor a vencer dois campeonatos seguidos desde 1991. Casey Martin, que fez uma excelente final mundial foi o vice-campeão, seguido de Les Shepperson que ganhou o evento,com a melhor média em 10 noites.

Mesmo com lesão e não competindo na primeira noite, Luke Branquinho conquistou o tetra-campeonato no Bulldog

Mesmo com lesão e não competindo na primeira noite, Luke Branquinho conquistou o tetra-campeonato no Bulldog

MONTARIA EM TOUROS (Bull Riding)

Com um domínio absoluto dos touros nos 10 dias de competição, a NFR teve um de seus mais baixos índices de paradas da história. E isso foi decisivo na briga pelo título. J.W. Harris havia parado em apenas três animais durante as primeiras nove noites e precisava parar os oito segundos para manter chances de conquistar seu quarto título mundial. A pressão foi toda para ele quando Cody Teel também caiu, mas ficaria com o título caso Harris também não obtivesse nota e foi o que aconteceu. com a queda de ambos, Teel conquistou sua primeira fivela de Campeão Mundial pois tinha uma parada a mais que seu concorrente e ficou melhor posicionado na NFR, ou seja, ganhou dinheiro suficiente para ultrapassar o tri-campeão por US$ 1.056.

Uma parada a mais que J.W. Harris foi fundamental para Cody Teel conquistar seu primeiro título mundial

Uma parada a mais que J.W. Harris foi fundamental para Cody Teel conquistar seu primeiro título mundial

Cody Teel era o mais jovem participante desta edição da NFR, com apenas 20 anos e se tornou um dos mais jovens campeões da modalidade. O texano que liderou praticamente toda a temporada totalizou US$ 201.978 em prêmios. O campeão da NFR foi Beau Schroeder, que parou em cinco dos 10 touros que montou em sua primeira participação no evento. A premiação ganha deixou Schroeder naquarta posição do mundial, atrás apenas de Cody Teel, J.W. Harris e Seth Glause, uma posição a frente de Trevor Kastner.

Fotos:Mike Copeman / PRCA

PATROCÍNIO

CORDAS PRECISION - Tecnologia e evolução a favor do esporte

CORDAS PRECISION – Tecnologia e evolução a favor do esporte

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 16 de dezembro de 2012 por em National Finals Rodeo - Las Vegas 2012, PRCA.
%d blogueiros gostam disto: