ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

PRCA: Veterano é o primeiro Campeão Mundial de 2012

AOS 46 ANOS, ROCKY PATTERSON SUPERA TREVOR BRAZILE E CONQUISTA O TRI-CAMPEONATO MUNDIAL NO STEER ROPING, MAS MESMO ASSIM O “REI DO LAÇO” REGISTRA MAIS UM RECORDE HISTÓRICO

 

(por Abner Henrique) A Professional Rodeo Cowboys Association consagrou na noite de sábado, 03, o primeiro Campeão Mundial da temporada. O veterano Rocky Patterson conquistou sua terceira fivela de ouro no Steer Roping em quatro anos, superando o favorito Trevor Brazile. Esta modalidade é semelhante ao Laço do Bezerro, porém é praticada com animais maiores. Ela está presente apenas em alguns eventos durante o ano e já a algumas temporadas sua Final é antecipada e acontece antes da National Finals Rodeo, onde são decididas as outras modalidades. O palco da decisão mais uma vez foi a E-Lazy Arena, em Guthrie, Oklahoma.

Rocky Patterson começou a última noite do evento em desvantagem e sabia que precisava ser preciso em suas laçadas para superar alguns concorrentes, principalmente Trevor Brazile, que era o atual Campeão desta modalidade e que buscava seu 17° título mundial. O evento aconteceu em dois dias e cada um dos 15 finalistas teve direito a 10 laçadas, sendo cinco Round’s por noite, com premiações para os melhores de cada Round. Patterson, de 46 anos foi Campeão Mundial nesta modalidade em 2009 e 2010, e quando perguntado sobre a emoção de conquistar o terceiro título declarou: “Quando você é criança você sonha com um título mundial, então o primeiro é especial. Poucos atletas conquistaram dois títulos e quando se fala em três… bom, me sinto honrado por fazer parte deste seleto grupo agora.”

Mas a vitória só veio na última laçada da Clem McSpadden National Finals Steer Roping. Rocky Patterson assumiu a liderança do ranking após suas laçadas no primeiro dia de competição, mas mantinha uma diferença de apenas US$ 303 para Trevor Brazile. Logo no primeiro Round do sábado, Patterson fez a melhor laçada, embolsando US$ 5.077 e aumentando ainda mais sua diferença, mas nada estava decidido ainda. Como havia perdido duas laçadas na noite anterior, o veterano estava atrás de seu concorrente na classificação do evento, que também vale premiação. Mas o atleta do Kansas ganhou cheque em todos os quatro primeiros Round’s da noite decisiva e levou a decisão para o 10° Round da Final.

O 10° Round começou com três possíveis Campeões: Rocky Patterson, Trevor Brazile e Vin Fisher Jr. A laçada mais rápida definiria o Campeão, já que também estava em jogo o título e a premiação final do evento. Fisher foi o primeiro e com uma boa laçada jogou a pressão para os dois outros concorrentes, que não podiam errar. Brazile veio na seqüencia e como não havia errado ainda, precisava apenas completar a prova para conquistar o título da Final Mundial. Depois de uma laçada de 11.5 segundos, o “Rei do Laço” garantiu a vitória no evento, mas o título mundial só seria decidido após a laçada de Patterson, que precisava fazer o melhor tempo do Round para conquistar a fivela. Com uma frieza impressionante, o veterano completou a prova em 10.3 segundos, ganhando o cheque de melhor laçada do Round e o campeonato mundial por apenas US$ 418 a frente do vice-campeão.

Trevor Brazile entrou para a história mais uma vez ao se tornar o segundo atleta a vencer a Final Mundial em três modalidades diferentes

Apesar de não conquistar aquela que seria sua 17ª fivela de ouro, Trevor Brazile saiu do estado de Oklahoma com mais um espaço no livro dos recordes da PRCA. Ao vencer a Clem McSpadden National Finals Steer Roping pela primeira vez, Brazile se tornou o segundo homem em mais de 75 anos de história da PRCA a vencer a Final Mundial em três modalidades diferentes. O texano já tem os títulos no Laço do Bezerro e Laço em Dupla, conquistados na National Finals Rodeo, em Las Vegas. Antes dele, apenas Phil Lyne havia conquistado este feito, vencendo no Steer Roping, Laço do Bezerro e Montaria em Touros. A perca deste título impossibilitou Trevor Brazile de superar ainda este ano o recorde de 18 títulos mundiais de Guy Allen. Com 16 fivelas de ouro no total, Brazile pode igualar o recorde de 18 títulos mundiais no mês que vem em Las Vegas, onde competirá no Laço em Dupla e concorre também como melhor cowboy completo.

Fotos: James Phifer / PRCA

Siga o @Blog_ArenaBruta no Twitter

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 4 de novembro de 2012 por em PRCA.
%d blogueiros gostam disto: