ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

PBR: Asteroid é o Touro do Ano

DEPOIS DE MARCAR AS MAIORES NOTAS DO ANO, ASTEROID SUPERA BUSHWACKER NA FINAL MUNDIAL E FICA COM O TÍTULO DE TOURO DO ANO COROANDO TAMBÉM A CIRCLE T RANCH & RODEO, UMA DAS BOIADAS QUE MAIS CRESCERAM NOS ÚLTIMOS ANOS

 

(por @HenRiQue_Bad) Tudo parecia sobre controle para LJ Jenkins em sua montaria no Round decisivo da Final Mundial sobre Asteroid, até que aos 5.5 segundos o touro “cortou a roda”, deu um pulo ainda mais forte para frente e voltou a rodar. O americano não suportou os oito segundos e acreditem, com a nota zero de Silvano Alves logo na seqüencia, se Jenkins tivesse obtido nota, ele seria o Campeão Mundial de 2012. Asteroid “roubou” o título mundial de LJ, mas com este desempenho conquistou a vitória como melhor touro da temporada, somando 93.25 pontos em duas apresentações. O animal de aproximadamente 690 kg, somou 0,25 pontos a mais que seu principal concorrente e além de ter escrito seu nome na história da PBR, concedeu a seu proprietário o prêmio de US$ 250 mil.

O título mundial entre os touros é decidido pela soma das notas que cada um dos indicados faz em Las Vegas nas duas apresentações que tem direito – este ano foram sete concorrentes. Na primeira noite, tanto Asteroid como Bushwacker, que era o atual campeão, abriram vantagem sobre os demais, obtendo 46.75 pontos cada um. O grande tira-teima foi na tarde de domingo e pela ordem do sorteio, Bushwacker foi o primeiro a se apresentar. Apesar do excelente desempenho ao derrubar o brasileiro Agnaldo Cardozo, o touro de propriedade do tropeiro Julio Moreno em parceria com Richard Oliveira recebeu apenas 46.25 pontos, sua segunda pior nota da temporada.

Por ser o Campeão de 2011 e por ter voltado de uma cirurgia nas patas traseiras como se nada tivesse acontecido, Bushwacker era o grande favorito e já era cogitado em alguns anos ocupar o posto de maior touro da história da PBR. Este feito ele ainda pode alcançar, porém o segundo título mundial consecutivo escapou quando foi anunciada a nota de seu concorrente. Após sua montaria, Asteroid não garantiu o título, pois ainda havia outros três concorrentes a se apresentar. Quem estava mais próximo de alcançá-lo era Buckey, mas o touro responsável pela maior nota da temporada precisava marcar 47.75 pontos para conquistar o título. Buckey, que também teve influência direta no título mundial entre os competidores ao derrubar Austin Meier terminou a temporada em quarto lugar, atrás de Asteroid, Bushwacker e Smackdown.

Foi a segunda vez que Asteroid concorreu ao título de touro do ano. Em 2011 ele ficou com o vice-campeonato depois de se chocar contra os bretes em sua última montaria, o que lhe custou pontos preciosos na corrida pelo título. Este ano ele fez tudo certo do início ao fim da temporada. Nos primeiros meses do ano, enquanto Bushwacker se recuperava da cirurgia, ele foi se destacando e se colocou como o principal touro do campeonato. Antes da re-estréia de seu concorrente ele venceu três eventos e posteriormente quando os dois passaram a duelar a cada semana, Asteroidconquistou mais seis títulos de melhor touro nas etapas do mundial.

Asteroid com Valdiron de Oliveira em Indianapolis

Em 2012 foram 19 montarias e apenas uma parada, a de J.B. Mauney com 93.50 pontos em agosto. Das outras 18 vezes que foi desafiado, Asteroid permitiu que o competidor ficasse em seu lombo por mais de 4 segundos apenas seis vezes. Em toda sua carreira ele soma atualmente 37 montarias e apenas três paradas, sendo as outras duas dos brasileiros Elton Cide e Fabiano Vieira, quando ele ainda era um touro desconhecido. Destaque por onde passou, ele foi avaliado com nota superior a 45 pontos exatamente 28 vezes, ou seja, 75% das vezes que entrou na arena Asteroid recebeu nota considerada alta.

A fivela de melhor touro da PBR vem coroar uma das boiadas que mais investiu no mercado americano de touros nos últimos anos. A Circle T Ranch & Rodeo foi criada pelo empresário Howard Talley, dono de uma grande empresa do ramo petrolífero. Howard faleceu no início deste ano, pouco mais de um mês após o falecimento de sua esposa e o filho do casal, Jeff, decidiu assumir e manter o trabalho feito por seu pai ao longo de anos. A administração da boiada é feita juntamente com Gene Melton, pai do ex-competidor Cory Melton, que é quem seleciona e transporta os animais aos eventos.

Asteroid após derrubar Justin Koon em Tulsa

Além de Asteroid e David’s Dream, que concorreram ao título de melhor touro nesta temporada, a Circle T Ranch adquiriu nos últimos anos Jack Daniel’s After Party e Palm Springs, eleitos os melhores touros da PRCA em 2010 e 2011, respectivamente. Também fazer parte do plantel nome conhecidos e temidos como Shepherd Hills Trapper, Jack Daniel’s Tennessee Honey, Bad Moon, Speckled Ivory, T-Rex, Motown Magic e Cyber Cat. A alguns meses, em uma parceria inédita, Jeff Talley e o tropeiro brasileiro Ricardo Bentinho, da Boiada 3B, tornaram-se sócios, onde cada um adquiriu 50% dos cinco melhores do outro e os animais são levados aos eventos sob a marca Circle T  / 3B Bucking Bulls e vice-versa.

Fotos: PBR.com

Siga o @Blog_ArenaBruta no Twitter

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 29 de outubro de 2012 por em PBR 2012.
%d blogueiros gostam disto: