ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

PBR: Brasileiros prontos para a Final Mundial em Las Vegas

COM US$ 1 MILHÃO EM JOGO, A FINAL DO MAIOR CAMPEONATO DE MONTARIA EM TOUROS DO MUNDO ACONTECE NA PRÓXIMA SEMANA EM LAS VEGAS. SERÃO 13 BRASILEIROS NA COMPETIÇÃO SENDO QUE DOS 10 MELHORES DA ATUALIDADE, SETE VESTEM VERDE E AMARELO.

 

(@HenRiQue_Bad) A PBR – Professional Bull Riders irá realizar pelo 19° ano consecutivo em Las Vegas o principal evento de Montaria em Touros do mundo e a edição 2012 da PBR World Finals terá a presença de pelo menos 13 brasileiros. A etapa decisiva da temporada acontecerá entre os dias 24 e 28 de outubro em uma arena montada dentro do Thomas & Mack Center, palco de outros grandes eventos esportivos como jogos da NBA e lutas do UFC. Serão distribuídos mais de US$ 3 milhões em prêmios, sendo que o competidor que se sagrar Campeão Mundial embolsará sozinho o prêmio de US$ 1 milhão.

Pelo segundo ano seguido o paulista Silvano Alves de 24 anos chega a Las Vegas na liderança do Ranking mundial depois de ganhar mais de US$ 420 mil desde janeiro. Em 2011 ele administrou a vantagem de mais de 2.200 pontos que tinha para o segundo colocado e conquistou seu primeiro título mundial na Montaria em Touros. Este ano sua vantagem é de apenas 505 pontos, mas se Silvanoconquistar o título novamente, se tornará o primeiro homem na história da PBR a conquistar dois mundiais consecutivos.

Silvano Alves venceu 58 dos 97 touros que desafiou no Campeonato Mundial este ano (Foto: Andy Watson/PBR)

Assim como na última temporada, quem está no encalço de Silvano Alves é o goiano Valdiron de Oliveira, de 33 anos. Apesar de não ter participado de todas as etapas do ano devido a uma lesão no rosto, Valdiron chega a Final credenciado com a experiência de ter terminado entre os quatro melhores do mundo nas últimas quatro temporadas. Guilherme Marchi, que conquistou o título mundial em 2008 está em quarto lugar no Ranking e mantém chances reais de conquistar sua segunda fivela de ouro. O Brasil ganhou sete dos 18 títulos mundiais já disputados na PBR, incluindo três nos últimos quatro anos.

Ainda estão em jogo 5.500 pontos nos cinco dias da Final Mundial, o que faz com que os 14 primeiros colocados do Ranking mantenham chances matemáticas de ainda conquistar o título. Mas na prática as chances reais ficam com os seis primeiros colocados, que além dos três brasileiros incluem três americanos: LJ Jenkins, J.B. Mauney e Austin Meier, que foi o melhor americano nas últimas duas temporadas. Entre os 10 melhores da classificação geral ainda aparecem outros quatro brasileiros: Fabiano Vieira, em 7° lugar; Marco Antonio Eguchi, em 8° lugar; o Campeão Mundial Renato Nunes, em 9° lugar e Robson Palermo, em 10° lugar.

Os pontos ganhos por cada atleta na principal divisão, que é chamado de Built Ford Tough Seriessão somados aos ganhos em Las Vegas, definindo assim o Campeão Mundial da temporada. A BFTS deste ano realizou 28 etapas passando pelas principais cidades dos Estados Unidos em 22 estados diferentes. Montando arenas em lugares famosos como o Madison Square Garden em Nova York e o Cowboys Stadium, próximo a Dallas, cada evento distribuiu mais de US$ 100 mil em prêmios.

Valdiron de Oliveira ganhou US$ 180 mil em 27 etapas. Goiano tem o melhor índice de aproveitamento da temporada. (Foto: Andy Watson/PBR)

A PBR World Finals reúne os 35 atletas da Montaria em Touros que mais ganharam dinheiro no ano em eventos sancionados pela entidade e que enfrentam durante cinco dias os melhores touros da América do Norte. Ao todo foram cerca de 400 etapas em cinco países – Estados Unidos, Canadá, Brasil, México e Austrália, reunindo competidores de pelo menos oito nacionalidades diferentes.

Além da divisão principal, em cada país são realizadas etapas menores, que valem como divisão de acesso e dão chances aos atletas de conquistarem vaga na elite e disputarem o mundial. O principal campeonato realizado fora dos Estados Unidos é a divisão brasileira, que pelo segundo ano consecutivo pagará ao campeão da temporada o prêmio de R$ 1 milhão.

Além dos sete brasileiros que se encontram entre os 10 melhores do Ranking, outros seis atletas devem representar nosso país na arena de Las Vegas. O goiano Emílio Rezende participou de 13 das 28 etapas do campeonato e vai a sua primeira Final Mundial brigando pelo titulo de revelação do ano. Depois de quatro anos, o mineiro Agnaldo Cardozo retornou as etapas da principal divisão após ganhar R$ 100 mil em um evento especial no Brasil, no mês de agosto. Cardozo participou de sete etapas neste ano e também está confirmado na Final Mundial como um dos 35 atletas que mais ganharam dinheiro na temporada.

Edevaldo Ferreira é o atual Campeão Brasileiro pela PBR e o prêmio de R$ 1 milhão ganho em novembro do ano passado valeu pelo Ranking de 2012 e o coloca como o competidor que mais ganhou dinheiro na PBR este ano. Edevaldocompetiu nos Estados Unidos em 2009, mas este ano apesar de ter lugar garantido nas etapas do mundial decidiu ficar no Brasil e só disputar o evento de Las Vegas.

Guilherme Marchi em um dos 80 touros que montou na temporada. O paulista foi responsável por duas das 11 vitórias brasileiras em 2012 (Foto: Andy Watson/PBR)

Assim como Edevaldo Ferreira, os jovens Enéias Barbosa e Davi Henrique de Lima também conquistaram lugar na Final Mundial com as premiações ganhas no Brasil e na próxima semana montam em solo americano pela primeira vez na carreira. Outro estreante será o goiano Eduardo Ap°. da Silva, que apesar de não somar dinheiro suficiente para garantir um lugar entre os finalistas, vai como representante do escritório brasileiro após ter sido vice-campeão nacional em 2011 e estar novamente em segundo lugar no Ranking deste ano.

Os atletas classificados entre a 36ª e a 40ª posição no Ranking de dinheiro ganho também são convidados a ir a Las Vegas na condição de reservas e entram na arena caso algum dos classificados tenha que abandonar a competição. Dois brasileiros conquistaram esta posição este ano, o pernambucano Paulo Ferreira Lima, que terminou na 37ª posição e o paranaense Ademir Cândido da Silva, que está em 40° lugar. Lima porém, sofreu uma lesão no joelho último fim de semana e ficará sem competir por até três meses.

Siga o @Blog_ArenaBruta no Twitter

 

 

Sobre o autor: Abner Henrique é colunista do Blog Arena Bruta a dois anos e também responsável pelo conteúdo da Revista É Rodeio, principal publicação do Rodeio brasileiro na atualidade. De uma forma simples e objetiva, trás aos fãs deste esporte informações sobre as competições ao redor do mundo, entrevistas com profissionais das arenas e curiosidades sobre a história do rodeio mundial.

 

Veja também:

JEROME DAVIS – Exemplo de Vida http://goo.gl/NqZkf

CHICKEN ON A CHAIN – O Touro Celebridade http://goo.gl/SlxCM

CHRIS SHIVERS – Bi-Campeão Mundial Anuncia Aposentadoria http://goo.gl/aU2FA

Rodeio trata e não mau-trata

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 16 de outubro de 2012 por em PBR 2012.
%d blogueiros gostam disto: