ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

PBR Greensboro 2012

COM A TORCIDA TODA A FAVOR, O PRATA DA CASA J.B. MAUNEY VENCE A 26ª ETAPA DO MUNDIAL NA CAROLINA DO NORTE E REASSUME A QUARTA COLOCAÇÃO NO MUNDIAL E SE MANTÉM NA BRIGA PELO TÍTULO

 

(por @HenRiQue_Bad) Pelo segundo fim de semana seguido uma etapa do Built Ford Tough Series reafirma o nome de mais um forte concorrente ao título mundial da temporada. Desta vez foi J. B. Mauney, que venceu o 26° evento do ano e reassumiu a quarta colocação no Ranking. Mauney mora a cerca de 120 km de Greensboro, cidade da Carolina do Norte que recebeu a elite da PBR este fim de semana e montou com a torcida toda a seu favor. O competidor de 25 anos terminou o evento invicto, vencendo os três touros que desafiou e embolsou US$ 41.415 em duas noites. Na Final, realizada no sábado, J.B. escolheu montar em Superfreak, touro de propriedade de Jerome Davis e Brian Canter. Assim como Canter, Mauney também aprendeu os fundamentos da montaria em touros com Davis, Campeão Mundial pela PRCA e um dos fundadores da PBR. A montaria de 89 pontos foi uma das três únicas paradas do Round decisivo e deu ao competidor 3,75 pontos de vantagem sobre o segundo colocado no fim de semana, o australiano Ben Jones. Com a vitória J.B. Mauney diminuiu em 650 pontos sua diferença em relação ao líder da temporada, Silvano Alves. O americano liderou o Ranking por sete semanas, antes de lesionar um dos dedos de sua mão de montaria. Ele declarou que montar com o apoio da torcida dá uma motivação a mais na reta final do campeonato e reafirmou que está ficando cada vez mais concentrado em busca de seu primeiro título mundial. “Eu sei que está em jogo uma fivela de ouro e US$ 1 milhão, mas prefiro não pensar assim. Neste esporte você tem que se concentrar em cada touro que irá montar e deixar que as coisas aconteçam.”

J. B. Mauney, Campeão em Greensboro montando Superfreak

O evento que aconteceu nos dias 28 e 29 de setembro, foi o 10° realizado na cidade de Greensboro desde a criação da PBR. A cidade recebeu a elite da montaria em touros mundial seguidamente entre 1999 e 2007, quando desde então não havia sediado mais nenhuma etapa. Devido a realização do PBR 15/15 Bucking Battle na sexta-feira, o evento contou com apenas dois Round’s e a Final (Short-Go). O australiano Ben Jones, que vem em uma incrível fase terminou na segunda colocação, após parar nos três touros que montou. Jones completou quatro etapas consecutivas entre os 10 melhores e subiu da 16ª para a 14ª colocação no mundial. O terceiro colocado no evento foi Robson Palermo, o outro único competidor a terminar o fim de semana invicto. O brasileiro obteve apenas 79.75 pontos na Final, mas sua boa colocação o levou pela primeira vez este ano entre os 10 melhores do Ranking. Cody Nance e Luke Snyder completaram o TOP 5 do evento.

Dez brasileiros estiveram presentes nesta 26ª etapa do mundial. Além de Palermo, apenas os Campeões Mundiais Renato Nunes e Silvano Alves montaram na Final. Eles ficaram respectivamente em sexto e décimo lugares na classificação final. Nunes manteve a nona colocação no Ranking e Silvano também manteve a primeira colocação, aumentando sua vantagem em relação a LJ Jenkins, de 735 pontos para 851 pontos. Valdiron de Oliveira, que declarou recentemente ter uma lesão na mão de montaria, parou em dois touros seguidos pela primeira vez em sete semanas. Valdiron terminou o evento na 11ª colocação. Agnaldo Cardozo também teve seu primeiro bom resultado desde que re-estreou na BFTS. O mineiro que não havia parado em nenhum touro nas quatro etapas anteriores, obteve notas nos dois Round’s que montou em Greensboro e terminou em 12° lugar. Fabiano Vieira e Guilherme Marchi pararam em um touro cada um, já Marco Eguchi, Emílio Rezende e Paulo Lima caíram dos dois touros que montaram.

O melhor touro deste evento foi RFD-HD, da Teague Bucking Bulls. O animal derrubou o Campeão Mundial Renato Nunes no Short-Go com 3.50 segundos e foi avaliado com 45.25 pontos, sua melhor nota nos últimos 12 meses. RFD-HD era conhecido anteriormente como Out of Control e ganhou novo nome devido a um patrocínio. Descendente do lendário Houdini, o touro tem 30 apresentações e apenas duas paradas, uma de Jordan Hupp e a outra do próprio Renato Nunes, este ano em Indianápolis. A segunda colocação do evento ficou com um empate entre Jack Daniels After Party (Circle T Ranch) e Davi’s Dream (Circle T Ranch / 3B-Bentinho), ambos com 45 pontos.

PBR 15/15 BUCKING BATTLE

Na noite de sexta-feira aconteceu a nona e última edição do PBR 15/15 Bucking Battle em 2012. Depois que Asteroid trombou nos bretes, o brasileiro Renato Nunes teve o direito de montar outro animal. O Campeão Mundial de 2010, fez sua segunda montaria em RMEF Gunpowder & Lead e venceu o desafio com 89.75 pontos. Além da nota, Nunes ganhou mais 200 pontos de bônus para o Ranking. O segundo melhor da Batalha 15/15 foi Marco Eguchi, que montou Pawnbroker e obteve 89.25 pontos. Além deles, apenas Harve Stewart conseguiu obter nota no desafio. O americano montou Chicken on a Chain, naquela que poderia ser a última montaria da carreira do touro mais famoso dos últimos anos. Stewart obteve 88 pontos e o diretor de montarias da PBR, Cody Lambert garantiu que Chicken estará na Final Mundial no fim deste mês, onde enfim fará sua última apresentação. Os brasileiros Valdiron de Oliveira e Fabiano Vieira decidiram não competir no PBR 15/15 depois que ambos sentiram dores no quadril após montarem no Round 1. Os dois estavam recuperados na noite seguinte, onde montaram normalmente no Round 2.

 

COL. FINAL – GREENSBORO/CN

1 – J.B. Mauney – 263.75 pontos

2 – Ben Jones – 260.00 pontos

3 – Robson Palermo – 254.00 pontos

4 – Cody Nance – 171.50 pontos

5 – Luke Snyder – 171.00 pontos

6 – Brendon Clark – 170.75 pontos

6 – Renato Nunes – 170.75 pontos

6 – Shane Proctor – 170.75 pontos

9 – Dakota Beck – 170.00 pontos

10 – Silvano Alves – 168.50 pontos

RANKING PARCIAL – 26 EVENTOS

1 – Silvano Alves – 10.000,50 pontos

2 – LJ Jenkins – 9.149,25 pontos

3 – Valdiron de Oliveira – 8.920,50 pontos

4 – J.B. Mauney – 8.234,50 pontos (+1)

5 – Guilherme Marchi – 8.057,00 pontos (-1)

6 – Fabiano Vieira – 7.337,25 pontos

7 – Austin Meier – 7.263,50 pontos

8 – Marco Eguchi – 6.563,00 pontos

9 – Renato Nunes – 6.304,00 pontos

10 – Robson Palermo – 5.492,00 pontos (+2)

Outros Brasileiros

27 – Emílio Rezende – 2.516,75 pontos

40 – Rubens Barbosa – 802,25 pontos

44 – Elton Cide – 721,75 pontos

45 – Paulo Lima – 677,75 pontos

54 – Douglas Ferreira – 369,75 pontos

64 – Agnaldo Cardozo – 238,75 pontos

Fotos: PBR.com

Siga @Blog_ArenaBruta no Twitter

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 1 de outubro de 2012 por em PBR 2012.
%d blogueiros gostam disto: