ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

PBR Bucking Battle Albuquerque

COM SHOW DOS TOUROS NO SEGUNDO CAPÍTULO DO PBR 15/15 BUCKING BATTLE EM ALBUQUERQUE LUKE SNYDER SUPERA SILVANO ALVES POR 0,25 PONTOS E É O CAMPEÃO DA NOITE

 

(por @HenRiQue_Bad) Depois de quase uma década passando despercebido entre os melhores do mundo, Luke Snyder tem provado que o peso da idade só tem o feito bem e nas duas últimas temporadas o competidor está irreconhecível, no melhor sentido da palavra. O competidor de 29 anos foi o grande vitorioso na noite de ontem no segundo PBR 15/15 Bucking Battle, que coloca frente a frente os 15 melhores competidores contra os 15 melhores touros da temporada. Snyder foi escalado para montar Jack Daniel’s Tennessee Honey (Circle T Ranch) mas o touro deu a ele apenas 74.75 pontos e como sabia que isso não o levaria a lugar nenhum aceitou a opção de repete. No re-rider ele montou Party All the Time (Jeff Robinson) e obteve 90 pontos, nota suficiente para garantir a vitória e mais 200 pontos de bônus. Luke Snyder chegou a Albuquerque na 11ª colocação do campeonato e deve voltar ao TOP 10 com a pontuação ganha ontem. Mais maduro, o competidor do Missouri tem vivido em 2011 e 2012 suas duas melhores temporadas desde seu ano de estréia quando foi Campeão da Final Mundial, Rookie of the Year e sétimo colocado no ranking. Isso foi em 2001 e de lá pra cá, apesar de ter batido o recorde de maior numero de eventos seguidos na história da PBR ele nunca terminou entre os 20 melhores do mundo até ano passado quando venceu o Last Cowboys Standings e chegou a Final de outros 10 eventos, terminando o ano em 12° lugar. Nas nove primeiras etapas deste ano ele se manteve entre os dez melhores do mundo, incluindo três semanas em terceiro lugar no Ranking e na etapa de Portland teve a chance de pela primeira vez na carreira assumir a liderança do Mundial mas caiu de seu touro na Final.

Dos 15 desafios da “batalha” apenas outros três competidores além de Luke Snyder obtiveram nota. O canadense Ty Pozzobon foi o segundo a montar e fez a primeira parada com 87.50 pontos no respeitado Shepherd Hills Trapper (Circle T Ranch). Logo depois veio Snyder na montaria que lhe deu opção de repete e daí em diante o que se viu foi uma sequencia de seis competidores derrotados por seus touros, incluindo os Campeões Mundiais Guilherme Marchi, Renato Nunes e Chris Shivers. Montando High Octane Hurricane (West Coast) o atual Campeão Mundial Silvano Alves fez a terceira montaria com oito segundos e assumiu a liderança com 89.75 pontos, mas perdeu a liderança logo na montaria seguinte quando Luke Snyder voltou para seu re-rider. Valdiron de Oliveira marcou 89.50 pontos em Bad Blake (Wolf Creek) e foi um dos quatro únicos competidores a obter nota no 15/15. Encerrando a noite veio o touro Campeão Mundial de 2011, Bushwacker que derrotou Jordan Hupp com 3..50 segundos e obteve 46.50 pontos, a quinta melhor marca de um touro este ano. Austin Meier que desafiaria Highway 12 (Jeff Robinson) não competiu devido a uma lesão sofrida durante o Round 2 da etapa de Albuquerque, realizada no início da noite. Seu substituto foi Stormy Wing que acabou caindo com 3.49 segundos.

Este foi o segundo de uma série de nove desafios que estão previstos para este ano colocando frente a frente os melhores touros contra os melhores competidores. Além da premiação “gorda” a pontuação também é dobrada e influencia muito no Ranking Mundial. A terceira parada do PBR 15/15 Bucking Battle será no próximo dia 14 em Indianápolis e depois segue no dia 20/04 em Uncasville, 05/05 em Billings, 11/05 em Boise e 19/05 em Pueblo, além das duas etapas finais previstas para o segundo semestre.

RESULTADO FINAL – PBR 15/15 BUCKING BATTLE ALBUQUERQUE/NM

1 – Luke Snyder vs. Party All the Time – 90.00 pontos

2 – Silvano Alves vs. High Octane Hurricane – 89.75 pontos

3 – Valdiron de Oliveira vs. Bad Blake – 89.50 pontos

4 – Ty Pozzobon vs. Shepherd Hills Trapper – 87.50 pontos

LJ Jenkins vs. Back Bender – 7.46 segundos

Ryan Dirteater vs. Rock & Roll – 5.33 segundos

Guilherme Marchi vs. Perfect Poison – 3.91 segundos

Stormy Wing vs. Highway 12 – 3.49 segundos

Justin Koon vs. Smackdown – 3.45 segundos

Renato Nunes vs. Buckey – 3.06 segundos

Jordan Hupp vs. Bushwacker – 3.05 segundos

Marco Antônio Eguche vs. Train Wreck – 2.62 segundos

Chris Shivers vs. Jack Daniel’s After Party – 2.21 segundos

J. B. Mauney vs. Rango – 2.06 segundos

Caleb Sanderson vs. Mac Nett’s Southern Wine – 2.04 segundos


 

Fotos: PBR.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 25 de março de 2012 por em PBR 2012.
%d blogueiros gostam disto: