ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

PBR Bucking Battle 2

NESTE SÁBADO ACONTECE NA ARENA DE ALBUQUERQUE O SEGUNDO CAPÍTULO DA BATALHA DE TITÃS QUE COLOCA FRENTE A FRENTE OS MELHORES COMPETIDORES CONTRA OS MELHORES TOUROS DA ATUALIDADE

 

(por @HenRiQue_Bad) O PBR Bucking Battle 15/15 foi um projeto idealizado especialmente para o público da televisão, que não podem acompanhar ao vivo os eventos, mas agradou e muito os competidores e todos os demais profissionais envolvidos no campeonato. A idéia era colocar frente a frente os melhores competidores contra os melhores touros, já que em Rounds normais seja por sorteio ou por “escolha” eles raramente se encontram. Tudo começou em Sacramento no mês de janeiro, quando Valdiron de Oliveira montou Buckey e obteve 94 pontos, a maior nota da PBR desde 2005, quando o lendário Little Yellow Jacket ainda estava na ativa. Na noite deste sábado, em Albuquerque no Novo México os 15 melhores competidores da temporada voltam a arena para desafiar os 15 touros mais difíceis da atualidade, na segunda das nove “Batalhas” que estão previstas para este ano.

 

Rango sendo montado por Austin Meier no Iron Cowboy

No desafio desta semana serão nove americanos, cinco brasileiros e um canadense que juntos somam cinco Títulos Mundiais e cinco Títulos da PBR World Finals. Dos 15 que entram na arena neste sábado, 12 estavam na primeira edição em Sacramento, porém lá foram considerados a colocação Final na temporada 2011 e o Ranking desta temporada e para definir os desafiantes em Albuquerque foram usados exclusivamente os pontos ganhos nas primeiras 11 etapas de 2012. Esta segunda edição do PBR Bucking Battle pode ser significativa para a classificação do mundial já que além das notas recebidas os competidores ainda receberão bônus de acordo com sua colocação que serão acrescentados a sua pontuação acumulada. Quem obter a melhor nota na “batalha” leva 200 pontos de bônus, a segunda melhor nota ganha 180 pontos de bônus e assim por diante, porém só terão direito a bônus os competidores que permanecerem os oito segundos sobre o touro. Entre os touros, apenas sete que estavam em Sacramento voltam a “batalha” e entre os que estréiam destaque para Bushwacker, atual Campeão do Mundo e que em janeiro estava se recuperando de uma cirurgia nas patas traseiras. Mas quem pode roubar a cena é o jovem Rango, herdeiro de um dos maiores touros de todos os tempos e que derrubou os 21 primeiros competidores que o desafiaram.

 

Confira o detalhe de cada confronto:

 

CALEB SANDERSON VS. MAC NETT’S SOUTHERN WINE (Jeff Robinson)

O competidor da Flórida terminou em segundo lugar no ultimo fim de semana após montar com sucesso o touro Buckey na Final de Glendale. Dos 26 touros que montou este ano ele parou em apenas 12, mas um deles foi na 1ª edição do Bucking Battle em Sacramento. Este touro também esteve no 15 por 15 de Sacramento e deu 90.25 pontos para o canadense Aaron Roy. Das 40 vezes que foi desafiado, apenas em quatro ele foi vencido. Este será o primeiro confronto de fato entre os dois, mas Sanderson já o sorteou em um evento do Touring Pro Division na Flórida em 2011, porém o touro teve que ser substituído ainda nos bretes.

 

Shepherd Hills Trapper derrubando Kody Lostroh em Atlanta

TY POZZOBON VS. SHEPHERD HILLS TRAPPER (Circle T Ranch)

Para Cody Lambert, Diretor responsável pelos touros da PBR, este animal fez a melhor apresentação entre todos os touros da temporada até agora, quando derrubou Marco Antonio Eguche no Iron Cowboy. Shepherd Hills Trapper tem apenas sete paradas em 46 tentativas, sendo que a ultima foi de Austin Meier na “batalha” de Sacramento onde ele obteve 92.25 pontos. Pozzobon é o maior talento do Canadá desde a aparição de Aaron Roy e passou o mês de janeiro entre os 10 melhores do mundo. Dos últimos 13 touros que montou, Ty parou em apenas dois e na primeira edição do PBR Bucking Battle ele ficou 7.30 segundos em Mellow Yellow Jacket.

 

JUSTIN KOON VS. SMACKDOWN (Berger / Struve / Rosen)

Das 56 vezes que foi desafiado, em apenas oito Smackdown foi montado com sucesso e em cinco delas a nota foi superior a 90 pontos. No 15 por 15 de janeiro ele derrotou o Campeão Mundial Guilherme Marchi com 1.68 segundos. Koon não está entre os mais badalados da temporada, mas este ano já se classificou para quatro Finais (Short-Go) e foi 5° colocado no Iron Cowboy.

 

LUKE SNYDER VS. JACK DANIEL’S TENNESSEE HONEY (Circle T Ranch)

Snyder já esteve a uma montaria de liderar o Mundial este ano, mas agora se encontra na 11ª posição. Dos últimos 10 touros que montou parou em apenas dois. Este touro tem apenas quatro paradas em 28 montarias e derrubou LJ Jenkins com 3.46 segundos na “batalha” de Sacramento. Os últimos três a desafiá-lo foram Silvano Alves, Renato Nunes e Fabiano Vieira e todos caíram antes dos seis segundos.

 

LJ JENKINS VS. BACK BENDER (Jeff Robinson /WolfCreek)

Jenkins parou em apenas 10 touros nesta temporada e se classificou para três Finais, mas os bonus ganhos o colocam na 10ª colocação. Back Bender foi o melhor touro de três e quatro anos na PBR em 2011 e tem apenas três paradas em 26 montarias, incluindo a do ultimo domingo quando deu a vitória a Silvano Alves em Glendale. Este será o segundo confronto entre Jenkins e o filho de Fender Bender. Os dois duelaram exatamente em Albuquerque no ano passado, quando o competidor foi derrotado pelo touro com 6.25 segundos na Final do evento mas mesmo assim foi o Campeão.

 

GUILHERME MARCHI VS. PERFECT POISON (Boyd / Floyd)

O Campeão Mundial de 2008 se mantém entre os 10 melhores do mundo desde o início da temporada. Marchi já parou em 12 dos 25 touros que montou e foi Campeão em um evento. No 15 por 15 em Sacramento foi derrotado rapidamente por Smackdown. Este touro foi montado apenas quatro vezes em toda sua carreira de 31 apresentações. Este ano ainda está invicto em três montarias na BFTS e em 2011 foi companheiro de Fabiano Vieira em uma das cinco maiores notas da Final Mundial.

 

CHRIS SHIVERS VS. JACK DANIEL’S AFTER PARTY (Circle T Ranch)

Será um duelo interessante de se ver, porém totalmente imprevisível. Shivers, que se aposenta este ano, tem o maior número de notas acima de 90 da PBR, porém suas melhores montarias foram em touros grandes e não muito rápidos. After Party é pequeno em comparação com os outros touros desta “batalha” mas é um dos mais rápidos. Este ano Chris Shivers participou de apenas oito eventos e parou em metade dos touros que montou sendo Campeão em Atlanta. Este touro só tem uma parada em oito montarias este ano sendo que em cinco o competidor não ultrapassou os três segundos. No 15 por 15 do início do ano ele derrubou Cody Nance com 2.16 segundos.

 

RYAN DIRTEATER VS. ROCK & ROLL (Bad Company / Cody Ohl)

Rock & Roll é o único touro invicto nesta edição do Bucking Battle. Em sua última apresentação, na etapa de Glendale ele não teve um bom desempenho mas mesmo assim colocou Austin Meier no chão antes dos três segundos, o que lhe deu a marca de 19 montarias de invencibilidade.Dirteater esteve durante algumas semanas entre os cinco melhores do mundo mas caiu para a sétima colocação depois de passar em branco nas últimas quatro etapas. Sua ultima parada foi no dia 18 de fevereiro, em Jack Daniel’s After Party.

 

AUSTIN MEIER VS. HIGHWAY 12 (Jeff Robinson)

Meier foi o melhor competidor americano nas ultimas duas temporadas e este ano novamente atravessa uma excelente fase. Ele parou em 16 dos 30 touros que montou este ano e é o competidor que mais desafiou touros de alto nível até agora. Desde janeiro ele já fez sete montarias em algum dos 15 touros presentes nesta “batalha”. Highway 12, que tem genética de Bodacious e Yellow Jacket está invicto desde setembro do ano passado quando deu 91 pontos a Paulo Lima. Neste período foram onze montarias onde derrotou nomes como Ryan Dirteater, Luke Snyder, Renato Nunes, Valdiron de Oliveira e Robson Palermo.

 

RENATO NUNES VS. BUCKEY (Wentz Bucking Bulls)

Buckey pode dar novamente a vitória no PBR Bucking Battle, pois seu desafiante é um dos mais “quentes” competidores da temporada. Renato Nunes já ficou sete vezes entre os 10 melhores em um evento este ano e parou em 17 dos 31 touros que montou. Buckey tem cinco paradas em 21 montarias mas depois que ele se tornou adulto, oito segundos em seu lombo é certeza de nota acima de 90 pontos.

 

SILVANO ALVES VS. HIGH OCTANE HURRICANE (West Coast)

O atual Campeão Mundial parou nos últimos sete touros que montou e subiu seis posições no Ranking nas ultimas duas semanas. Na temporada Silvano Alves parou em 21 dos 29 touros que montou, o que lhe dá o melhor percentual de paradas entre todos os competidores. High Octane Hurricane é neto de Bodacious e filho de Crossfire Huricane, mas é o que recebeu as notas mais baixas entre os touros presentes nesta edição da “batalha”. Apesar das notas baixas ele derrubou os últimos 12 competidores que o desafiaram e tem apenas cinco paradas em 43 montarias na carreira.

 

MARCO EGUCHE VS. TRAIN WRECK (D&H Cattle Co. / Enlow / The Gilberts)

Eguche caiu de apenas cinco dos ultimos 15 touros que montou e na temporada já soma 18 paradas em 31 montarias. O competidor se mantém entre os 10 melhores do mundo desde a terceira etapa e na primeira edição do 15 por 15 caiu de Speckled Ivory. Este touro derrubou 23 dos últimos 25 competidores que o montaram e nesta temporada tem só uma parada em sete tentativas.

 

Valdiron de Oliveira montando Bad Blake em Nova York no início da temporada

VALDIRON DE OLIVEIRA VS. BAD BLAKE (Wolf Creek)

Valdiron venceu a primeira edição do Bucking Battle com um verdadeiro show de 94 pontos. O goiano se mantém em primeiro ou segundo lugar no campeonato a 12 semanas seguidas e essa é uma excelente chance de retomar a liderança. Ele parou em 20 dos 32 touros que montou este ano e a julgar por Bad Blake ele dificilmente irá repetir a nota que tirou em Sacramento. Este touro derrubou seus dois últimos desafiantes com menos de três segundos e na carreira tem apenas três paradas, incluindo a do próprio Valdiron em Nova York em janeiro.

 

J. B. MAUNEY VS. RANGO (Jeff Robinson)

O atual líder do Campeonato está com uma lesão no pulso que tem atrapalhado seu desempenho e o fez cair dos últimos sete touros que montou. J.B. é o competidor que mais obteve notas acima de 90 pontos este ano e parou em 18 dos 31 touros que montou, chegando a seis Finais e ostentando o Título de Iron Cowboy 2012. Seu desafiou não é nada fácil. Rango é a grande revelação da temporada e derrubou 21 competidores seguidos até ser derrotado por Austin Meier no Iron Cowboy. Filho do lendário Playboy Skoal, ele tem um cartel de 24 montarias e apenas uma parada.

 

JORDAN HUPP VS. BUSHWACKER (Julio Moreno / Richard Oliveira)

Apesar das ordens das montarias serem de acordo com o Ranking, será o 14° colocado, Jordan Hupp que encerrará a segunda edição do PBR Bucking Battle, isso por que ele irá montar Bushwacker, o Melhor Touro de 2011. Bushwacker não participou do 15/15 em Sacramento porque ainda se recuperava de uma cirurgia feita no início do ano. Após a cirurgia o touro só fez uma montaria, na Final do Iron Cowboy onde derrubou J. B. Mauney. Se desempenho foi um pouco diferente do que ele havia apresentado no ano passado e J. B. suportou 7.22 segundos sobre ele, deixando a grande duvida: será que ele ainda é imbatível? Slade Long, estatístico da PBR, disse que além do animal estar voltando depois de um tempo parado era a sétima vez que Mauney montava nele, ou seja, era natural que ele melhore a cada tentativa. Ele entrará na arena neste sábado com uma invencibilidade de 40 montarias seguidas e um currículo de apenas duas paradas em 46 montarias na carreira. Hupp apareceu para o público nos últimos dois anos e ainda é um competidor intermediário. Nesta temporada, apesar de ter sido Campeão da terceira etapa em Portland, ele parou em apenas 12 dos 26 touros que montou.

 

Fotos: PBR.com

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 23 de março de 2012 por em PBR 2012.
%d blogueiros gostam disto: