ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

PBR Houston 2012

EM MAIS UMA ETAPA POLÊMICA, O RECÉM CHEGADO CHASE OUTLAW VENCE E DISPARA NA FRENTE NA CORRIDA POR MELHOR NOVATO DO ANO E MARCO ANTÔNIO EGUCHE MESMO INJUSTIÇADO É O TERCEIRO MELHOR DO MUNDO

 

(por @HenRiQue_Bad) Quando Chase Outlaw estreou na principal divisão da PBR, foi apontado como a maior revelação entre os americanos desde o surgimento de Ryan Dirteater e apenas duas semanas mais tarde, mesmo com polêmicas ele provou que quem apostou nele não tava errado. Em um evento curto, onde cada parada de oito segundos se torna ainda mais importante, o competidor de 19 anos foi um dos únicos dois atletas a fazer duas notas e ficou com a vitória no Reliant Stadium, em Houston. No Round 1, quando apenas 10 competidores obtiveram nota e conquistaram o direito de voltar para o Short-Go (Final) Outlaw fez apenas 84.75 pontos, a sétima melhor nota, mas no Round decisivo, depois da polemica montaria de Marco Eguche e a queda de todos os outros concorrentes ele só precisou de mais 84 pontos para conquistar sua primeira vitória na carreira.

 

J.B. Mauney caindo de Will James na Final

Os touros da Final já estavam pré-sorteados para as posições de cada competidor, e Outlaw ficou com o sétimo touro, Too Sexy (Bad Company / Cody Ohl). O touro teve um desempenho mais fraco que seu habitual e o competidor ainda perdeu o controle aos seis segundos e terminou a montaria pendurado na lateral do animal. Chase Outlaw venceu dois eventos do Touring Pro Division nos últimos dois meses e estava entre os cinco competidores que ganharam uma vaga na BFTS depois do primeiro corte da temporada. Ele estreou em Oklahoma City, onde parou em um dos três touros que montou e com esta vitória chegou a 32ª posição do campeonato depois de embolsar US$ 36.250 em Houston e já lidera a corrida de Melhor Novato do Ano. Em 2011 ele competiu pelo CBR (Championship Bull Riding), um dos grandes circuitos da modalidade em terras americanas organizado pelo Tetra-Campeão Mundial Tuff Hedeman, onde terminou como vice-campeão da temporada. Chase é meio irmão de Reese Cates, Rookie of the Year da PBR em 2008 e que retornou as arenas na semana passada, depois de mais de 40 dias afastado por causa de uma lesão no maxilar.

 

O brasileiro Marco Antônio Eguche pode ser considerado o grande Campeão moral de Houston. Depois de receber apenas um contestável 79.75 pontos no Round 1, Eguche fez a maior nota da Final, outros contestáveis 87.50 pontos e somou 167.25 pontos, 1.5 pontos a menos que o Campeão. Apesar disso, Eguche subiu da quinta para a terceira colocação no Campeonato, atrás apenas de J. B. Mauney e Valdiron de Oliveira. O terceiro colocado em Houston foi o prata-da-casa Douglas Duncan, que fez a maior nota do Round 1 mas caiu no Round decisivo. Completaram o TOP 5 no Reliant Stadium Justin Koon e Stormy Wing. O líder do Campeonato, J. B. Mauney fez a sexta melhor nota do Round 1 e mesmo caindo na Final, a oitava colocação no evento aumentou sua diferença para 475.25 pontos em relação a Valdiron de Oliveira, que caiu de seu touro no Round 1.

 

Os Campeões Mundiais Renato Nunes e Silvano Alves foram os outros dois únicos brasileiros a pararem no Round 1 e consequentemente a voltarem para a Final, mas ambos caíram no Round decisivo e terminaram na sétima e nona posições respectivamente. O Brasil também esteve representado na arena de Houston pelo Campeão Mundial Guilherme Marchi, o Campeão Brasileiro Elton Cide, Fabiano Vieira, quinto melhor competidor de 2011 e o goiano Lindomar Lino, que teve sua segunda chance na Built Ford Tough Series depois de bons resultados no início da temporada na divisão de acesso. O melhor touro deste evento foi Shepherd Hills Tested (Luthy / Duckwall / D&H Cattle Co.) que derrubou o Bi-Campeão Mundial Chris Shivers na Final e recebeu 46 pontos. Este touro é descendente de Hotel California e permanece invicto em 15 montarias.

 

COL. FINAL – HOUSTON

1 – Chase Outlaw – 168.75 pontos

2 – Marco Antônio Eguche – 167.25 pontos

3 – Douglas Duncan – 90.25 pontos

4 – Justin Koon – 88.00 pontos

5 – Stormy Wing – 87.75 pontos

6 – Chris Shivers – 87.50 pontos

7 – Renanto Nunes Rosa – 87.00 pontos

8 – J.B. Mauney – 85.75 pontos

9 – Silvano Alves de Almeida – 84.50 pontos

10 – Jory Markiss – 82.50 pontos

 

RANKING PARCIAL – 8 EVENTOS

1 – J.B. Mauney – 3.824,50 pontos

2 – Valdiron de Oliveira – 3.349,25 pontos

3 – Marco Antônio Eguche – 2.739,25 pontos (+2)

4 – Ryan Dirteater – 2.686,75 pontos (-1)

5 – Austin Meier – 2.475,50 pontos (+1)

6 – Renato Nunes Rosa – 2.379,00 pontos

7 – Luke Snyder – 2.072,50 pontos

8 – Guilherme Antônio Marchi – 1.872,25 pontos

9 – Chris Shivers – 1.809,00 pontos (+2)

10 – Silvano Alves de Almeida – 1.799,25 pontos

Outros Brasileiros

28 – Elton Cide Pereira – 721,75 pontos

29 – Rubens Barbosa -682,25 pontos

31 – Paulo César Lima – 598,00 pontos

37 – Douglas Ferreira – 369,75 pontos (-1)

49 – Fabiano Vieira – 80,25 pontos

 

Fotos: PBR.com

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 28 de fevereiro de 2012 por em PBR 2012.
%d blogueiros gostam disto: