ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

PBR Atlanta 2012

NA SEMANA EM QUE ANUNCIOU SUA APOSENTADORIA, CHRIS SHIVERS VENCE EVENTO INÉDITO EM ATLANTA PERANTE UM DOS MAIORES PÚBLICOS DA HISTÓRIA DA PBR

 

(por @HenRiQue_Bad) Fazer montaria de 90 pontos e vencer eventos não é nada novo na vida de Chris Shivers, mas a vitória na noite de ontem em Atlanta teve um gostinho diferente para o único Bi-Campeão Mundial ainda em atividade. No início desta semana, o PBR Man anunciou oficialmente sua aposentadoria e desabafou contra as pessoas que diziam que ele já devia ter parado antes, porque não era mais de alto nível. Depois de ficar em terceiro lugar no Round 1 montando Frontier Fugative (K-C Bucking Bulls / Kash Cattle Co.) ele deu a prova definitiva aos seus críticos no Round Final. Shivers escolheu Delco (Jeff Robinson), um descendente do lendário Mossy Oak Mudslinger e marcou a melhor nota da noite, 90 pontos e assumiu a liderança. Com a queda de Douglas Duncan e a nota mais baixa de J.B. Mauney, o Bi-Campeão Mundial ficou com o Título do evento, a 22ª vitória em sua carreira. A nota conquistada nesta última montaria foi a 93ª acima dos 90 pontos conquistadas por Shivers, que deixará as arenas em outubro mas certamente irá manter este recorde por alguns anos, já que o segundo colocado nestas marcas é o Campeão Mundial Guilherme Marchi, com 54 notas acima de 90 pontos. A vitória rendeu a Chris Shivers US$ 36.550 e o levou da 20ª para a 11ª posição no Ranking da temporada.

O líder da temporada J.B. Mauney ficou em segundo lugar em Atlanta e aumentou um pouco sua vantagem sobre Valdiron de Oliveira. O americano empatou na primeira colocação do Round 1 com Douglas Duncan e foi a primeiro a escolher em que touro queria montar no Round decisivo. Mauney escolheu RMEF Gunpowder & Lead, um filho de Little Yellow Jacket e que havia dado oito notas acima de 90 pontos nas últimas 10 vezes que havia sido montado com sucesso, incluindo 92.25 pontos para o próprio J.B. a 15 dias em Baltimore. Mas o “Rei dos 90” teve a pior atuação das suas últimas 18 montarias e isso custou alguns pontos para o Campeão e consequentemente o Título do evento. O terceiro colocado foi Marco Antônio Eguche, que terminou com 175 pontos depois de marcar a quarta melhor nota em ambos os Rounds. Na Final, Eguche escolheu Trickster (Austin Riley / Tom Teague) touro que tinha apenas duas paradas em 11 apresentações e marcou 88.50 pontos, assumindo a liderança momentânea do evento. O brasileiro sofreu uma lesão em uma costela a duas semanas, e no último domingo devido as fortes dores não competiu no último dia do evento de Oklahoma City e até o meio desta semana era dúvida se estaria ou não na arena no sábado. Os americanos Austin Meier e Justin Koon completaram o TOP 5 em Atlanta.

A cidade de Atlanta recebeu o primeiro de uma série de quatro eventos que serão disputados em estádios, tradicionalmente usados em partidas de futebol americano, o esporte mais popular dos Estados Unidos. A sétima etapa da Built Ford Tough Series aconteceu no Georgia Dome, um gigante com capacidade para 75 mil pessoas sentadas. Este evento teve um formato diferente dos habituais e como foi realizado em apenas uma noite, os 35 competidores participaram do Round 1 e todos que permaneceram os oito segundos tiveram o direito de montar mais uma vez no Short-Go. Apesar do nível dos touros o Round 1 demonstrou toda a vontade de vencer dos competidores que pararam em 18 dos 35 animais que montaram. Dos nove brasileiros presentes no evento, cinco obtiveram nota no Round 1 e voltaram para a Final.

Além de Eguche, apenas Valdiron de Oliveira terminou a noite invicto, mas o goiano somou apenas 172.25 pontos e fechou o evento na sétima colocação. Os pontos conquistados tanto em notas como em bônus não deixaram que Valdiron se distanciasse do líder do Ranking J.B. Mauney, e a diferença, que apesar de ter subido de 39.25 pontos para 279.50 pontos, ainda deixa o brasileiro em posição de ataque contra o americano. Fabiano Vieira finalmente estreou na temporada 2012, depois de enfrentar problemas burocráticos com seu visto de entrada no país. O paranaense, que foi um dos cinco melhores da temporada passada, foi para a Final com a menor nota e teve que montar o touro que sobrou nas escolhas, King Lopez (K-C Bucking Bulls). Este touro tem apenas quatro paradas (todas de brasileiros) em 24 apresentações e acabou derrubando Fabiano com 3.44 segundos e ele terminou na 18ª posição. Os outros dois brasileiros a montarem no Short-Go foram os Campeões Mundiais Renato Nunes e Silvano Alves, que se classificaram em oitavo e 15° lugares, respectivamente. No Round decisivo Silvano escolheu Sancho (Circle T Ranch), touro de 30 saídas e apenas três paradas, enquanto Renato escolheu Highway 12 (Jeff Robinson), outro touro que tem apenas três paradas mas em 34 tentativas, mas os dois Campeões Mundiais não obtiveram nota.

COL. FINAL – ATLANTA

1 – Chris Shivers – 177.75 pontos

2 – J.B. Mauney – 177.50 pontos

3 – Marco Antônio Eguche – 175.00 pontos

4 – Austin Meier – 174.75 pontos

5 – Justin Koon – 174.50 pontos

6 – Ryan Dirteater – 174.00 pontos

7 – Valdiron de Oliveira – 172.25 pontos

8 – Douglas Duncan – 88.00 pontos

9 – Cord McCoy – 86.25 pontos

10 – Jordan Hupp – 85.50 pontos

10 – Kody Lostroh – 85.50 pontos

10 – Renato Nunes – 85.50 pontos

 

NOTICIAS DO CAMPEONATO

 

DESABAFO: O Campeão Mundial Guilherme Marchi contestou sua montaria no Round 1, que segundo os juízes não atingiu os oito segundos. Mesmo após a revisão, eles confirmaram o tempo oficial de 7.98 segundos e o brasileiro desabafou hoje pela manhã em seu perfil oficial no Facebook: “Esta semana a coisa foi feia, os juízes americanos estão perdendo o respeito mesmo pelos cowboys brasileiros, abrem os olhos juizada, fica feio é pra vcs mesmo..” A montaria de Silvano Alves na Final também foi pedido revisão e os juízes a confirmaram com 7.99 segundos.

ESTREIA DE ÚLTIMA HORA: O goiano Lindomar Lino fez sua estréia na principal divisão da PBR na noite de ontem. O competidor de 27 anos está entre os 20 melhores do Ranking do Touring Pro Division e como todos que estão a sua frente já estavam garantidos na etapa, lesionados ou fora do pais ele foi chamado as pressas para substituir um competidor do TOP 35 que não pode competir. Lino montou Crack Jack (Tom Teague), touro que tinha 21 saídas e apenas três paradas e acabou caindo com 2.79 segundos.

POR POUCO: Os brasileiros Rubens Barbosa e Elton Cide terão uma dúvida em suas cabeças nos próximos dias, a de que se vão montar no próximo sábado em Houston ou não, já que estão em uma posição no Ranking que permite a PBR substituí-los por outros competidores. Rubinho ficou dois eventos afastado devido ao tratamento de uma lesão e teve estes dois últimos eventos para garantir um lugar no TOP 25 e não correr o risco de ser cortado. Na semana passada ele ficou em quinto lugar em Oklahoma City, mas caiu de seu touro em Atlanta e está em 29° lugar no Campeonato. Elton Cide havia sido cortado após o quinto evento mas montou em OKC como convidado e também estava a poucos pontos do TOP 25, mas assim como Rubens Barbosa caiu no Round 1 ontem e agora ocupa a 28ª posição no Ranking.

ENTENDENDO AS VAGAS: Os 35 competidores que competem em cada evento de formato normal são preenchidos de acordo com três listas. A primeira é o chamado TOP 25, onde cada competidor que terminou a quinta etapa entre os 25 melhores do Ranking tem vaga garantida até a 11ª etapa que é quando será feito o próximo corte. Quem também tem vaga garantida até a 11ª etapa, independente de suas posições atuais no Ranking são os cinco competidores que subiram da segunda divisão (Touring Pro Division). As outras cinco vagas para cada evento são os chamados convites, dados originalmente aos competidores que ocupam da 26ª a 30ª posição no Ranking, que é o caso de Rubens Barbosa e Elton Cide. Mas caso um competidor esteja voltando de lesão (e não pertença a nenhuma das duas primeiras listas) ele entra na vaga de um dos competidores dessa terceira lista (26° ao 30°). Cada competidor que vencer um evento da segunda divisão, desde que já tenha somado mais de US$ 10 mil na temporada também tem convite garantido para uma etapa na divisão principal.

BAIXO RENDIMENTO: Talvez o grande responsável por J.B. Mauney não ter vencido este evento tenha sido o touro que ele escolheu. Mauney foi o primeiro a escolher e tinha uma lista com 18 nomes e preferiu RMEF Gunpowder & Lead, um dos favoritos dos competidores, previsível e que ele já conhecia bem. Mas o animal teve sua pior performance dos últimos 12 meses, e o competidor ficou a 0.25 pontos do Campeão Chris Shivers. Gunpowder & Lead é filho do único Tri-Campeão Mundial da PBR Little Yellow Jacket e tem um amigável percentual de 50% de paradas. Este ano ele ficou com o Título de melhor Touro em Portalnd e das 38 vezes que foi montado oficialmente, o touro permitiu 19 paradas, sendo que em 11 delas o competidor obteve 90 pontos ou mais.

DE VOLTA AO TOPO: O Brasileiro Marco Antonio Eguche está de volta ao TOP 5 do Ranking depois de duas semanas. O paulista que foi Campeão da quarta etapa em Sacramento, chegou a ocupar a quarta posição da temporada, mas caiu para oitavo depois de não parar em nenhum touro nos dois últimos eventos. Eguche montou em todos os sete eventos até agora e além da vitória tem um segundo lugar em Portland e este terceiro lugar em Atlanta, totalizando 11 paradas em 20 montarias (66.67%).

REI ABSOLUTO: O touro Asteroid faturou sua terceira vitória em Atlanta. O animal da Circle T Ranch & Rodeo tem três das quatro melhores notas da temporada. O troféu conquistado por seu tropeiro soma-se ao ganhos em Anaheim e Sacramento no mês passado e a outros quatro ganhos consecutivamente em 2011.

ESTREIA SEM BRILHO: O americano Blaine Skaggs fez sua estréia na principal divisão da PBR depois de ser Campeão em um evento do Touring Pro Division na semana anterior no estado de Washington. O competidor de 21 anos natural do Oregon, não teve muita sorte pois sua primeira oportunidade na elite da Montaria em Touros foi justo numa etapa de apenas um Round classificatório. Em sua estréia Skaggs desafiou e caiu de Full Force (Teague Bucking Bulls), animal que permitiu apenas sete paradas em 26 tentativas.

ELE VOLTOU: O paranaense Fabiano Vieira finalmente conseguiu voltar aos Estados Unidos. O brasileiro fez sua primeira participação nesta temporada terminando na 18ª posição do evento e já ocupa a 49ª posição do Ranking. Mas pra quem acha que ele está fora da briga pelo Título por ter chegado atrasado, vale lembrar que no ano passado ele estreou na sexta etapa e só começou a ganhar pontos a partir da oitava (que é a próxima), e mesmo assim ficou na quinta colocação Final do Campeonato, com duas vitórias na temporada.

SUPER ESTRUTURA: O gigante Georgia Dome acomodou uma estrutura a altura neste fim de semana. O ex-competidor e responsável pela montagem dos eventos da PBR desde que ela foi criada, Jerome Robinson, co-ordenou sua equipe em mais um grande desafio. A arena montada em Atlanta teve185 metros de largura, mais que o dobro dos eventos realizados em ginásios e ao invés de seis bretes como normalmente acontece, foram colocados 12 bretes, todos do mesmo lado da arena, o que resultou em um belo visual para os presentes no estádio.

RANKING PARCIAL – APÓS 7 EVENTOS

1 – J. B. Mauney – 3.628,75 pontos

2 – Valdiron de Oliveira – 3.349,25 pontos

3 – Ryan Dirteater – 2.686,75 pontos

4 – Austin Meier – 2.475,50 pontos

5 – Marco Antônio Eguche – 2.282,00 pontos (+3)

6 – Renato Nunes Rosa – 2.152,00 pontos (-1)

7 – Luke Snyder – 2.072,50 pontos (-1)

8 – Guilherme Marchi – 1.872,25 pontos (-1)

9 – Mike Lee – 1.700,00 pontos

10 – Silvano Alves – 1.644,75 pontos

Outros Brasileiros

28 – Elton Cide Pereira – 721,75 pontos (-1)

29 – Rubens Barbosa – 682,25 pontos (-1)

31 – Paulo César Ferreira Lima – 598,00 pontos (-1)

36 – Douglas Ferreira dos Santos – 369,75 pontos

49 – Fabiano Vieira – 80,25 pontos

 

Em relação ao último evento

(+ posições acima)

(- posições abaixo)


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 19 de fevereiro de 2012 por em PBR 2012.
%d blogueiros gostam disto: