ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

PRCA Denver

No gelado inverno americano, Denver ajuda esquentar o início da temporada da PRCA com um mega evento que leva até a cidade os principais atletas das arenas em busca de mais de US$ 460 mil em prêmios

 

(por @HenRiQue_Bad) Denver é uma das principais cidades do centro-oeste americano e apesar de ter uma das maiores regiões metropolitanas do país com mais de 2,5 milhões de habitantes, realiza um dos mais famosos eventos western da América, o National Western Stock Show & Rodeo. O evento, que completou 106 anos de existência foi realizado entre os dias 07 e 22 de janeiro e contou com shows musicais, leilões, torneios e exposições dos mais variados animais e produtos. Mas o que chama atenção mesmo é o Rodeio. Depois do qualify do Rodeio Completo quem invadiu a arena foi os competidores da PBR, que realizou na cidade durante três noites a Final do Touring Pro Division, onde o grande Campeão foi Shane Proctor, como já citado em matéria nas semanas anteriores. No dia 12 começou as modalidades da PRCA, onde foram distribuídos mais de US$ 460 mil em prêmios.  Cada inscrito teve direito a duas apresentações, se alternando nas noites frias da cidade e os 12 melhores de cada modalidade retornaram a arena para o Round Final no último domingo. Este evento normalmente da um novo rumo ao campeonato devido a sua premiação, que pode fazer um competidor subir dezenas de posições no Ranking ou disparar na liderança.

Quem saiu de Denver com muitos motivos pra sorrir foi o texano Wes Steverson, competidor do Bareback. O atleta de 32 anos não foi bem na última Final Mundial, mas segundo ele, depois que sua primeira filha nasceu em novembro do ano passado tudo começou a melhorar também em sua vida profissional. Pela primeira vez em sua carreira de 14 anos ele é líder do Campeonato, e aumentou ainda mais a diferença para os demais concorrentes com a vitória neste fim de semana. Steverson fez a segunda melhor nota da Final, mas somou 253 pontos e ficou com a Fivela e um total de US$ 11.717, o que lhe deu mais de US$ 13 mil de vantagem para o segundo colocado do Ranking. A maior nota da Final foi do ainda desconhecido Caleb Bennett, do estado de Utah, que pela primeira vez em sua carreira aparece entre os melhores do mundo na terceira colocação do Mundial. No Bulldogging vitória de outro texano, Justin Blaine Davis. O atleta ainda desconhecido dos fãs do Rodeio venceu com folga o Bi-Campeão Mundial Dean Gorsuch, que apesar de fazer o melhor tempo do Round Final terminou em segundo na média. Gorsuch assumiu a liderança do Campeonato e Davis pela primeira vez na carreira é o número 2 do mundo. Pouco mais de um mês após sofrer lesões no cotovelo e no ombro durante a Final Mundial, Cody DeMoss deu a volta por cima e ficou com o Título na Sela Americana. O respeitado competidor que já foi quatro vezes vice-campeão Mundial fez a maior nota da Final, 87 pontos, montando Starburst (Kesler Rodeo) e somou 250 pontos. DeMoss assumiu a liderança na modalidade depois de embolsar US$ 8.600 nas três montarias que fez na cidade. O segundo colocado foi Cody Tanton, seguido do novo astro da modalidade Jesse Wright.

St. Goddard e Whitford no Laço em Dupla

O Laço em Dupla apresentou a Denver a maior surpresa do evento, Ty St. Goddard e Ryle Whitford. Os dois jovens competidores de 22 e 20 anos respectivamente pertencem a uma colônia indígena no estado de Montanna e superaram grandes nomes da modalidade para embolsar US$ 11.094 cada um, na maior vitória de suas carreiras. Ty e Ryle competem juntos desde que eram crianças e ainda tinham dúvidas se iriam competir pra valer na temporada 2012. Com a vitória, eles foram para a segunda colocação em suas respectivas categorias (cabeceiro e pezeiro) e admitiram que agora põem o pé na estrada atrás dos grandes eventos da temporada. Colby Lovell e Russell Cardoza que passaram a competir juntos neste mês, fizeram o melhor tempo das Finais e assumiram a liderança do Ranking Mundial. O veterano Justin Mass foi o Campeão no Laço do Bezerro e assumiu a liderança do Mundial. O texano havia feito o melhor tempo de todas as classificatórias e repetiu o bom desempenho no Round Final, superando o segundo colocado Shank Edwards. Entre as mulheres dos Três Tambores vitória da estrela Brittany Pozzi, que venceu pela quarta vez na cidade. Brittany que perdeu o Título Mundial no mês passado depois de ter liderado toda a temporada voltou ao seu lugar de costume, o topo do Ranking após esta vitória. A competidora foi regular nas duas apresentações que fez na fase classificatória mas foi a mais rápida entre as 12 finalistas e fez a melhor média de tempo. Com um total de US$ 11.712, ela superou Bennette Barrington por pouco mais de US$ 100 na liderança do Circuito.

Depois de ficar entre os 10 melhores do Mundo pelo segundo ano consecutivo, Seth Glause está tendo o melhor inicio de temporada de sua carreira. O competidor de 23 anos foi o Campeão em Denver na Montaria em Touros e assumiu a liderança do Ranking pela primeira vez. Glause, que já foi a três Finais Mundiais fez a maior nota da temporada até agora, 92 pontos montando Phe Phe’s Secrets (Southwick Rodeo) no dia 12. Este touro só tinha uma parada até então, exatamente de Seth Glause durante uma etapa do CBR no ano passado em sua cidade, Cheyenne. O competidor voltou a arena na noite seguinte para sua segunda apresentação onde desafiou Redeye (Southwick Rodeo), touro que já havia o derrubado três vezes. Mas desta vez a história foi diferente e ele esporeou o animal até ouvir o apito, recebendo 88 pontos e garantindo vaga na Final. Nove dias depois, Glause voltou a Denver e venceu com folga depois de marcar 87 pontos no último dia de competição. O segundo colocado foi o “prata da casa” Cody Somora, que venceu a Final com 90 pontos e ocupa a quinta colocação no Mundial. O novato Cody Teel ganhou um evento no estado da Louisiana um dia antes de retornar a Denver para a grande Final onde ficou em quarto lugar no geral. Com estes dois bons resultados Teel subiu para a segunda colocação no Campeonato, ultrapassando Jacob O’Mara e o Tri-Campeão Mundial J.W. Harris. Dois grande competidores da PRCA sofreram lesões na arena de Denver e devem ficar fora das competições por algumas semanas. Clayton Foltyn, que ficou em 11° no Mundial de 2011, fraturou a mão direita após ser pisado pelo touro Black Attack (Powder River Rodeo), coincidentemente o mesmo touro que quebrou o braço de Shane Proctor na Final Mundial da PRCA e que será montado por Luke Snyder no próximo sábado em Sacramento, pela PBR. Foltyn tem previsão para retornar as arenas em março. O outro competidor lesionado foi Travis Atkinson, 17° colocado no último Mundial. Atkinson sofreu uma lesão na virilha em junho do ano passado e operou o local em outubro. Nas duas últimas semanas ele sentiu muitas dores e resolver se afastar das arenas para esperar uma recuperação melhor.

Fotos: PRCA e Denver Post

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 26 de janeiro de 2012 por em PRCA.
%d blogueiros gostam disto: