ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

PBR Touro da Semana – Yellow Jacket Jr

Touro da Semana – Yellow Jacket Jr. (by @HenRiQue_Bad)

Desde o fim de agosto estou apresentando a série “Touro da Semana” que irá destacar um a um os 10 melhores touros da temporada 2011. Antes da Final Mundial, os competidores do TOP 40 escolhem oito animais, que irão concorrer em Las Vegas ao Título de Melhor Touro do Ano. O título é dado ao touro que entre os oito pré-selecionados, tiver a melhor média de notas, considerando duas montarias, com isso, apesar de Bushwacker e I’m a Gangster serem os principais favoritos por terem as maiores notas do ano, eles ainda dependem de um excelente resultado nos cinco dias da PBR World Finals. Ou seja, se eles tiverem apenas um dia ruim e receber uma nota baixa, abrem as portas para qualquer um dos outros indicados.

Yellow Jacket Jr. – Dakota Rodeo / Chad Berger

Entre dezenas de herdeiros do lendário Touro Yellow Jacket, não foi a toa que este animal de aproximadamente 760 quilos teve o privilégio de receber o nome de seu pai. O touro da raça Brangus nasceu em 2004, ano em que seu irmão mais famoso Little Yellow Jacket ganhava seu terceiro Título Mundial consecutivo, tornando-se o único Touro até hoje a vencer três Campeonatos da PBR. Desde muito novo Yellow Jacket Jr. já mostrava grande potencial e chegou a ser cogitado como principal substituto do irmão, mas apesar de ser um dos touros mais duros das últimas temporadas não teve uma carreira tão brilhante quanto a de “LYJ”, talvez por estar competindo em uma época onde o número de touros acima da média é muito grande.

 

Com sete anos de idade, Yellow Jacket Jr. faz em 2011 aquela que pode ser considerada a melhor temporada de sua carreira e certamente estará entre os Touros indicados pelos competidores para concorrer ao Título de Melhor Touro do ano, no próximo mês. Das 14 montarias que fez pela principal divisão da PBR este ano, em apenas uma ele permitiu que o competidor obtivesse nota. O único que conseguiu derrota-lo foi Luke Snyder, que obteve 91 pontos no evento de Des Moines, quando ele já havia completado 11 montarias invicto desde janeiro. Snyder por sinal, travou um duelo particular com “Y.J. Jr“, escolhendo o animal nos quatro últimos Short-Go que ele esteve a disposição. Considerando suas participações em alguns eventos da PRCA e na segunda divisão da PBR (Touring Pro Division) ele já soma 20 apresentações e 19 “tombos” na temporada.

Wimberly vs. Yellow Jacket Jr. - 92.50 pontos

Mas quem gosta mesmo de montar nele é McKennon Wimberly, que já o escolheu para monta-lo em cinco Finais da BFTS. Com as vezes que o pegou no sorteio sem direito de escolha e na Copa do Mundo 2010 onde foi escalado pelo técnico J.W. Hart para monta-lo duas vezes, o competidor de 22 anos já o desafiou 10 vezes, tendo sido em abril de 2009 o primeiro competidor a suportar os oito segundos em seu lombo. Seu próprio pai, Joe Wimberly, cinco vezes finalista da PRCA na década de 80 declarou em uma entrevista a Revista oficial da PBR que seu filho era “meio louco” por ter tantas opções e sempre escolher este touro. McKennon, que obteve nota em apenas duas das 10 montarias completou a mesma matéria dizendo que acredita que teria ganho uns US$ 200 mil a mais se tivesse parado todas as vezes em Yellow Jacket Jr.

Tanner Girletz desacordado durante o evento de Des Moines 2009

Batizado inicialmente com o nome de Banana Basin, ele foi revelado pela Red Knection, pequena boiada do estado de Washington e que também foi responsável pela formação do outro candidato ao Título de 2011, Smackdown, apresentado nesta série de matérias a duas semanas atrás. Sua estréia oficial foi em um evento do Touring Pro Divison no estado de Idaho a exatamente três anos atrás. Depois de derrotar Ned Cross com 3.3 segundos ele foi convocado por Cody Lambert, Diretor de Montarias da PBR e que assiste aos vídeos de todos os eventos menores para selecionar novos animais, para participar do TOP 40 e 25 dias depois da sua primeira montaria profissional ele estreou no BFTS, durante a etapa de Oakland na Califórnia. Depois de oito montarias invicto o touro já chamava a atenção dos fãs da PBR e dos competidores e seu proprietário Chad Berger, que detêm parte de seus direitos em sociedade com o criador Clay Struve e a Senadora Julie Rosen, decidiu dar-lhe o nome de seu pai, já que ele havia provado ter pulo suficiente para carregar esta responsabilidade.

Luke Snyder vs. Yellow Jacket Jr.

Forte e ágil, Yellow Jacket Jr. é explosivo ao sair do brete e costuma dar dois pulos altos, o que fez com que derrubasse 40% dos competidores que o montaram este ano antes mesmo de começar a rodar. Quem resiste aos dois primeiros pulos entra na roda fora de posição e é facilmente derrotado quando ele começa a girar rápido, normalmente para a esquerad, o que fez com que apenas um dos 25 destros que já o montaram conseguisse nota. Até hoje, em apenas nove das 80 apresentações que ele tem na carreira, o competidor conseguiu atingir os oito segundos, sendo que em 27 delas a nota recebida pelo Touro foi igual ou superior a 45 pontos, incluindo seis vezes 46 pontos, uma vez 46.50 pontos e uma vez o espetacular 48 pontos. Pela Built Ford Tough Series ele acumula 49 saídas e oito paradas, sendo duas do Campeão Mundial Mike Lee e outras duas de McKennon Wimberly, que também parou nele pelo TPD em julho do ano passado conquistando 92.50 pontos, a maior nota de um competidor em seu lombo. O touro também tem em seu curriculo participações em eventos da PRCA, onde se mantêm invicto depois de se apresentar em grandes eventos como o Rodeio de Fort Worth/Texas, o Cheyenne Frontier Days, as Finais do Wrangler ProRodeo Tour e a Final Mundial da entidade em 2010.

Cody Lambert disse que assim como seu pai Yellow Jacket Jr é calmo dentro do brete. Na arena gira para o mesmo lado e praticamente na mesma velocidade que seu progenitor, porém o velho Yellow Jacket rodava na frente dos bretes e Jr. saiu para frente com pulos altos. Quando comparado a seu irmão mais famoso, tanto Lambert como o competidor Wiley Petersen, que montou quatro vezes em cada um, veêm semelhanças na forma e na velocidade da roda. Na lista de competidores que Yellow Jacket Jr. já jogou ao chão encontram-se ainda feras como Robson Palermo, Brian Canter, Chris Shivers, J.B. Mauney, Bobby Welsh, LJ Jenkins, Dustin Elliott, Ednei Caminhas e Travis Briscoe. Entre seus Títulos destacam-se o de Melhor Touro nos eventos de Holister/Califórnia e Bismarck/Dakota do Norte pelo TPD e Carson/Iowa pela PRCA, além de ter sido eleito o Melhor Touro da Copa do Mundo da PBR em 2010, após derrotar McKennon Wimberly da Seleção Americana duas vezes. Devido a idade, está deve ser a última vez que Yellow Jacket Jr. concorre ao Título Mundial, já que apartir da próxima temporada ele deva diminuir bastante seu ritmo de pulos. Em Las Vegas, onde disputará a Final Mundial pela terceira vez ele não deve ser deixado de lado, pois é um forte concorrente a desbancar Bushwacker e I’m a Gangster. Genética pra isso ele tem.

ESTATISTICAS (Até 08/09/2011)

Montarias: 80

Paradas: 9

Notas 90+: 4

Notas 45+: 27

Final Mundial PBR: 2 (2009 / 2010)

Final Mundial PRCA (NFR): 1 (2010)

Maior Série Invicta: 15 Montarias (Abril a Outubro/2009l)

Montarias Abaixo de 2 Segundos: 7

Montarias Abaixo de 5 Segundos: 56 (70%)

Últimas 10 Montarias: 1 Parada

Últimas 20 Montarias: 1 Parada

Últimas 30 Montarias: 2 Paradas

Últimas 40 Montarias: 3 Paradas

Últimas 50 Montarias: 4 Paradas

Contra Campeões Mundiais PBR: 10 Montarias (3 Paradas)

Contra Campeões Mundiais PRCA: 1 Montaria (Invicto)

Contra TOP 10 PBR: 4 Montarias (Invicto)

Contra TOP 10 PRCA: 2 Montarias (Invicto)

Contra Brasileiros: 6 Montarias (1 Parada)

Competidor que mais montou: McKennon Wimberly 10 Montarias (3 Paradas)

McKennon Wimberly na Copa do Mundo 2010

Maior Nota Recebida

/ 48.00 – Tommy Waldera (1.30 segundos), Carson/IA, Agosto/2010 (PRCA)

Maiores Notas Concedidas

/ 92.50 (45.50) – McKennon Wimberly, Livingston/MT, Julho/2010 (TPD)

/ 91.00 (44.75) – Chance Roberts, Nampa/ID, Abril/2010 (BFTS)

/ 91.00 (44.50) – Luke Snyder, Des Moines/IA, Maio/2011 (BFTS)

/ 90.50 (44.25) – McKennon Wimberly, Nampa/ID, Abril/2009 (BFTS)

/ 89.75 (44.00) – Renato Nunes, Baltimore/MD, Janeiro/2010 (BFTS)

/ 89.75 (43.75) – McKennon Wimberly, Las Vegas/NV, Outubro/2009 (PBR Finals)

Montarias Mais Rápidas

/ 1.30 segundos – Tommy Waldera, Carson/IA, Agosto/2010 (PRCA)

/ 1.50 segundos – David Kennedy, Las Vegas/NV, Outubro/2010 (PBR Finals)

/ 1.60 segundos – Josh Carlson, Kildeer/DN, Julho/2011 (PRCA)

/ 1.70 segundos – Travis Briscoe, Fresno/CA, Janeiro/2009 (BFTS)

/ 1.90 segundos – Renato Nunes, Nampa/ID, Abril/2009 (BFTS)

/ 1.90 segundos – Renato Nunes, Las Vegas/NV, Outubro/2009 (PBR Finals)

Siga o @Blog_ArenaBruta no Twitter!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 11 de setembro de 2011 por em PBR, Touro da Semana.
%d blogueiros gostam disto: