ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

PRCA Xtreme Bulls Final 2011

Xtreme Bulls – Final 2011 (by @HenRiQue_Bad)

 

Mesmo com o show de J.W. Harris na grande Final, Shane Proctor conquistou o título do Xtreme Bulls 2011, o Campeonato que reúne só a elite da Montaria em Touros em eventos da PRCA. Depois de oito eventos, por mais um ano a grande Final foi realizada em Ellensburg no estado de Washington, reunindo os 40 competidores que mais acumularam prêmios desde janeiro. Foi apenas uma noite de competição, característica do Xtreme Bulls e que tornou o resultado ainda mais imprevisível já que a premiação da Final foi quase 100% a mais que nas outras etapas. Harris estava a US$ 22 mil de diferença para Proctor e precisava vencer o evento e esperar que o líder não ganhasse nenhum dólar na noite.

 

Shane Proctor montando Even Money

Shane Proctor foi Campeão de um dos mais disputados Campeonatos do Rodeio Mundial em seu estado natal, a poucos quilômetros da cidade onde nasceu. Apesar da liderança e uma diferença de US$ 12,5 mil para o segundo colocado e US$ 22 mil para o terceiro o competidor de 26 anos não tinha nada garantido e precisava ganhar alguma premiação para não ser ultrapassado. No primeiro Round Proctor parou os oito segundos, mas a nota 80.50 pontos conquistada em Break Dance (Burns Rodeo’s) deixou o Campeão um pouco apreensivo pois não lhe colocou entre as oito maiores notas que receberam premiação e ainda corria o risco de ficar de fora da grande Final. Apenas 13 competidores obtiveram nota e Proctor ficou na 12ª posição, se classificando para a Final na última vaga, tendo mais uma chance de ganhar dinheiro, já que J.W. Harris estava em noite muito inspirada. No Round decisivo, ele montou Even Money (Calgary Stampede), mesmo animal que ele havia montado na semi-final do Rodeio de Calgary, que ele ganhou no mês de julho. A montaria levantou o público que torcia loucamente por Proctor e vaiou os juizes quando foi anunciado a nota 88 pontos. Mas independente da nota ele sabia que aquela montaria havia lhe garantido o Título e comemorou jogando o chapéu do salva-vidas para cima, já que ele monta de capacete. Shane Proctor foi  um dos únicos três competidores a obter nota na Final e também terminou em terceiro na classificação final da etapa de Ellensburg, com 168.50 pontos. Líder desde o final de janeiro, ele foi Campeão de dois dos nove eventos do Xtreme Bulls e terminou com um total de US$ 57.246, sendo US$ 9.668 ganhos na noite de sábado. Em dezembro, ele pode se tornar o único competidor além de Matt Austin (2005) a ser Campeão do Xtreme Bulls e do Mundial na mesma temporada.

 

J.W. Harris montando na Final

J.W. Harris precisava beirar a perfeição para ter chances de conquistar sua primeira fivela de Campeão do Xtreme Bulls e a sua parte ele fez, com um verdadeiro show. Harris começou a noite com uma montaria de 92 pontos em White Out (Corey & Lange), que lhe  rendeu US$ 6.352 depois de um empate na primeira colocação do Round 1 com o havaiano de 42 anos, Myron Duarte. Na Final, Harris encerrou a noite montando Vegas Too (Corey & Lange) em mais uma montaria impecável de 91 pontos, que lhe garantiu a vitória com 183 pontos, 9.5 pontos a frente do segundo colocado, Clayton Foltyn. A vitória nos dois Rounds e a premiação pelo título do evento renderam ao tri-campeão Mundial US$ 23.610, e a segunda posição na classificação final do Ranking do Xtreme Bulls 2011 com US$ 49.137.  Foi por pouco, se Proctor não tivesse entrado no Short-Go, Harris seria o Campeão do Xtreme Bulls por uma diferença de US$ 1.5 mil.Com este resultado J.W. Harris foi o segundo competidor da Montaria em Touros a ultrapassar US$ 100 mil nesta temporada, chegando a US$ 120.416 e diminuindo a diferença para o líder que era de US$ 51 mil na tarde de sábado para pouco mais de US$ 37 mil. Shane Proctor segue a frente com um total de US$ 157.846.

 

O Xtreme Bulls é realizado desde 2003 e seu formato diferenciado de apenas um dia de competição em cada etapa, nunca permitiu que um competidor se tornasse bi-campeão do circuito. Em 2003, o veterano Mike Moore entrou para a história como o primeiro Campeão do Xtreme Bulls. B.J. Schumacher (2004), Matt Austin (2005), Cody Hancock (2009) e Wesley Silcox (2010) são os únicos Campeões Mundiais a terem a fivela de Campeão do Xtreme Bulls, porém apenas Austin conquistou os dois títulos no mesmo ano. Schumacher ganhou o Xtreme Bulls dois anos antes de se tornar Campeão Mundial enquanto Hancock conquistou a vitória nove anos após seu título Mundial e Silcox três anos após conquistar o Mundial de 2007. Os outros Campeões do Xtreme Bulls foram: Zeb Lanham (2006), Kanyn Asay (2007) e Chance Smart (2008), sendo que Asay e Smart também foram vice-campeões Mundiais nos anos que ganharam a competição.

 

Créditos: Fotos Brian Myrick (Dayle Record) e Bob Click (PRCA)

 

Siga @Blog_ArenaBruta no Twitter

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 5 de setembro de 2011 por em PRCA, Xtreme Bulls.
%d blogueiros gostam disto: