ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

PBR Tulsa

PBR TULSA – 12 e 13 de Agosto (by @HenRiQue_Bad)

 

O 22º evento da Built Ford Tough Series, principal divisão da PBR, aconteceu em Tulsa/Oklahoma neste fim de semana. A cidade, com mais de 300 mil habitantes é considerada a Capital Mundial do Petróleo, não pela produção mas por abrigar a sede das principais empresas petrolíferas do Mundo. Tulsa já é um evento tradicional no calendário da PBR e novamente esteve realizando um grande evento na reta Final do Campeonato. A maioria das grandes boiadas americanas são de Oklahoma ou estados próximos como Texas e Carolina do Norte, o que faz com que este evento tenha um número muito grande de excelentes animais. Oito brasileiros estiveram competindo no BOK Center Arena: o líder do Campeonato Silvano Alves; o vice-lider Valdiron de Oliveira; o terceiro colocado Guilherme Marchi; o quarto colocado Robson Palermo; Fabiano Vieira, que chegou ao evento com chances reais de entrar para o TOP 10 do Ranking pela primeira vez; além de Paulo Lima; Douglas Ferreira; Wesley Lourenço; Elton Cide e Rubens Barbosa. O canadense Zane Lambert participou das duas últimas Finais Mundiais, mas Tulsa foi sua primeira etapa em uma temporada regular. O competidor de 25 anos, está em 18° lugar no Ranking da segunda divisão da PBR, mas ficou entre os quatro primeiros colocados em cinco eventos da PBR Canadá nos últimos dois meses, por isso foi convocado como Alternate para a 22ª etapa da temporada. Skeeter Kingsolver que estava listado para este evento, foi aconselhado pelo Médico da PBR a não montar, devido a problemas no ombro, que poderiam se agravar ainda mais.

ROUND 1

Novamente o Round 1 sediou uma etapa da ABBI Classic, que traz touros de três e quatro anos, no que equivale a uma competição de Juniores entre os competidores. Por ser uma das últimas etapas da temporada, os tropeiros levaram somente os seus melhores animais nesta categoria, deixando de lado os que não tem chance de ganhar o tão almejado título. E o que se viu foi o Round com maior número de notas sem aproveitamento até agora. Das 39 montarias, apenas em 10 os competidores conseguiram suportar o tempo regulamentar de oito segundos.

Montaria de Silvano Alves em detalhe

Elliott Jacoby fez a melhor nota do Round, 88.50 pontos montando Red Man (5S Ranch) e voltou para o Short-Go Extra na liderança e com a primeira opção de escolha nos 10 touros da lista. Ryan Dirteater, que compete em seu terceiro evento depois de uma lesão, fez a segunda melhor nota, 88.25 pontos, montando Danm Right (Cody Ohl / Barker / K-C), seguido do líder do Campeonato Silvano Alves que montou Train Wreck (D&H Cattle / Enlow / The Gilberts) e obteve 87.50 pontos. Completaram o TOP 5, Austin Meier com 86.25 pontos e Fabiano Vieira, com 85.75 pontos. Com esta nota e os bônus ganhos pelas quinta colocação Fabiano ultrapassou Ben Jones e ficou a 70.50 pontos de alcançar Dustin Elliott e pela primeira vez ocupar um lugar entre os 10 melhores do Campeonato. O outro único brasileiros a obter nota foi Wesley Lourenço, que dividiu a oitava posição do Round com Ryan McConnel, 84 pontos. O americano Jason O’Hearn fez a sexta melhor nota do Round, mas depois dos oito segundos caiu sobre o pescoço. Apesar de não ser grave, Jason não foi liberado pelos médicos para competir no Round Extra que aconteceu logo em seguida. Como houve apenas 10 paradas neste Round, o brasileiro Elton Cide ficou com a 10ª vaga mesmo não obtendo nota, pois foi o competidor que chegou mais próximo dos oito segundos. O Melhor Touro desta etapa da ABBI Classic foi Pandemic (Boyd / Floyd / ) que derrubou J. B. Mauney e recebeu 44.25 pontos e uma premiação de pouco mais de US$ 10 mil.

SHORT-GO BONUS (ROUND 2)

Elton Cide ficou com a sobra das escolhas, Top Notch (Martinez Bucking Bulls), mas parou os oito segundos e obteve 84 pontos. Silvano Alves e Aaron Roy foram os dois outros únicos competidores a obterem nota e dividiram a vitória do Round com 86 pontos e US$ 4.150. Silvano montou Priceless (D&H Cattle / L&E Bulls), touro que já deu três notas acima de 90 pontos na temporada e assumiu a liderança do evento com 173.50 pontos. O canadense, montou Motown Magic (Circle T Ranch) e encerrou a noite como o outro único competidor a parar nos dois touros, assumindo a segunda colocação com 171.25 pontos. Elliott Jacoby, que escolheu After Party (Circle T Ranch) para montar na Final caiu antes do oito segundos e feriu gravemente a orelha direita ao bater a cabeça no chifre do animal. O touro, que apartir desta semana passou a se chamar Jack Daniel’s After Party recebeu 45.25 pontos, a melhor nota da noite.

ROUND 3

No inicio da noite de sábado, outra vez domínio dos touros: das 38 montarias, apenas 13 competidores obtiveram nota. Fabiano Vieira fez a maior nota do Round, montando Bad Moon (Circle T Ranch) com 87.75 pontos. Com esta nota e os 100 pontos ganhos de bônus pela vitória no Round, Fabiano entrou extra-oficialmente no TOP 10 do Ranking, ultrapassando Dustin Elliott que terminou o evento sem parar em nenhum touro. A segunda posição foi dividida entre Silvano Alves, Valdiron de Oliveira e Douglas Duncan. Neste Round os competidores puderam escolher em que touros queriam montar e Silvano escolheu Perfect Poison (Circle T Ranch). Foi a quinta vez nesta temporada que o brasileiro montou neste Perfect Poison, e foi a quinta parada, que deu a ele a liderança do evento com 260 pontos, sendo o único competidor a parar nos três Rounds. Valdiron e Duncan não haviam parado em nada ainda, mas conseguiram se classificar para a Final com esta nota, ambos na sétima posição. Os outros cinco brasileiros que montaram neste Round não obtiveram nota. Guilherme Marchi, Paulo Lima, Rubens Barbosa e Robson Palermo, que só montou em um touro, deixaram o evento sem parar em nenhum animal.

Devido ao alto índice de notas zero, este foi o evento que mais competidores se classificaram para a Final com apenas uma parada. Dos 10 finalistas, apenas quatro tinha parado em dois ou mais animais, os outros seis, mesmo com notas baixas nos Round puderam voltar a Final. Também devido a isso, Elliott Jacoby que venceu o primeiro Round, estava em quinto lugar mas como o competidor estava hospitalizado, sua vaga foi preenchida pelo estreante Zane Lambert, que estava em 11º lugar com 85.75 pontos. A melhor nota entre os touros neste Round foi para três animais, ambos com 44 pontos: Hee Bee Gee Bee (Boyd / Floyd) que derrubou  Josh Faircloth; Wake Up Call (Boyd / Floyd / Nacarrato), que derrubou Justin Kool e Rock & Roll (Bad Company) que derrubou Dustin Elliott.

SHORT-GO (Final)

A Final reuniu quatro dos cinco principais favoritos ao título de Melhor Touro do Ano e apenas três dos competidores que até então estavam no TOP 10 do Ranking Mundial. Silvano Alves escolheu Jack Daniel’s After Party (Circle T Ranch), o brasileiro estava em primeiro lugar com um touro de vantagem sobre os concorrentes pois era o único que havia parado nos três Round anteriores e só precisava permanecer os oito segundos para garantir sua segunda vitória na temporada. Fabiano Vieira era o segundo até então e escolheu Too Sexy (Bad Company / Cody Ohl), animal típico de notas e que pela fase que o paranaense vem atravessando não lhe daria muito trabalho. Como tem acontecido em todas as ultimas etapas, sempre há escolhas ousadas. Aaron Roy estava em terceiro lugar e tinha como opção, oito animais para escolher mas decidiu montar em Bushwacker (Julio Moreno / Richard Oliveira), o touro mais duro da temporada. Outro que ousou foi Douglas Duncan. Sétimo a escolher, Duncan não tinha muitas opções mas escolheu o mais temido dos quatro touros que restavam, I’m a Gangster (Jeff Robinson / Capello). Austin Meier que estava fora do Short-Go nas últimas três etapas, se classificou em nono lugar e escolheu Asteroid (Circle T Ranch), o touro que mais tem surpreendido ultimamente.

Fabiano Vieira na montaria final

Com tanta ‘máquina de pulo’ apenas dois competidores conseguiram obter nota na Final. Ryan Dirteater montou Shepherd Hills Trapper (D&H Cattle Co. / Shepherd Hills) e marcou a maior nota do evento, 90 pontos. Foi a primeira montaria que o competidor conseguiu incluir no Clube dos 90 nesta temporada, apenas a terceira em sua curta carreira de 43 eventos. Como o touro de Fabiano Vieira estava demorando para dar condições de ‘solta’, Silvano Alves montou antes. O líder do Campeonato precisava apenas parar os oito segundos para garantir a vitória mesmo sem depender do resultado de Fabiano, mas foi derrotado por um dos touros mais complicados da temporada com 7.4 segundos. Fabiano Vieira sabia que uma apenas parar não lhe garantiria a vitória pois ele precisava de pelo menos 86.50 pontos para empatar com Silvano mas a parada, qualquer que fosse a nota lhe garantiria entre os sete melhores do Ranking Mundial, independente da sua colocação na etapa. Vieira confirmou a boa fase e fez uma belíssima apresentação que lhe garantiu 88.25 pontos e a sua primeira vitória na carreira por apenas 1.75 de vantagem sobre Silvano Alves e uma premiação total de US$ 40.230.

 

Col. Final – Tulsa / Oklahoma

1 – Fabiano Vieira – 261.75 pontos

2 – Silvano Alves – 260.00 pontos

3 – Ryan Dirteater – 178.25 pontos

4 – Jason O’Hearn – 171.75 pontos

5 – Aaron Roy – 171.25 pontos

6 – Elliott Jacoby – 88.25 pontos

7/8 – Douglas Duncan – 86.50 pontos

7/8 – Valdiron de Oliveira – 86.50 pontos

9 – Austin Meier – 86.25 pontos

10 – Mike Lee – 86.00 pontos

NOTICIAS DO CAMPEONATO

 

*** A primeira vitória de Fabiano Vieira na noite de sábado confirmou a excelente fase daquele que está sendo chamado pela PBR de “O competidor mais quente do momento”. Dos último 12 animais que montou, ele só caiu de um, curiosamente na etapa de Tulsa, na noite de sexta-feira. O competidor participou de apenas 15 dos 22 eventos da temporada, mas nas últimas seis, ele subiu 18 posições. Neste período ele montou 19 touros e caiu de apenas quatro, ganhando US$ 82.635 do total de US$ 145.293 que acumula na temporada.

*** Valdiron de Oliveira desmaiou na arena quando High Steaks (Jeff Robinson / Cappello), touro que ele montou na Final, caiu sobre ele. O brasileiro, que ficou alguns segundos debaixo do animal também levou uma pisada na barriga e foi encaminhado ao hospital, onde passou a noite em observação. Segundo informações dadas por Guilherme Marchi e Adriano Moraes na manha de domingo, ele passa bem e não houve nada de mais grave. Valdiron ainda é incerto para montar na próxima etapa em San Antonio.

*** Robson Palermo não irá competir em San Antonio. O acreano sentiu fortes dores no ombro esquerdo após a montaria no primeiro Round, devido a uma lesão sofrida no evento de Tackerville. Palermo declarou que as dores o impediam de fazer a força necessária para permanecer nos touros. Ele deve ficar duas semanas em recuperação. Ele não pretende fazer cirurgia mas se for necessário fará no inicio do próximo mês para haver tempo de estar recuperado para a Final Mundial.

*** Silvano Alves obteve nota em 16 dos últimos 20 touros que montou e das últimas 11 etapas realizadas ele foi finalista em 10, sendo que em sete ele ficou entre os cinco primeiros colocados. Considerando notas e bônus ele marcou uma média de 448.94 pontos por etapa. No ano passado, antes da Final Mundial, Renato Nunes marcava uma média de 309.38 pontos por etapa.

 

*** Elliott Jacoby que sofreu uma concussão e feriu gravemente a orelha direita ao bater a cabeça contra os chifres do Touro Jack Daniel’s After Party, ainda é duvida se pode ou não competir no próximo evento. Tulsa foi o 34º evento da carreira deste texano de 21 anos que está em sua terceira temporada na PBR.

*** Cord McCoy ficou em segundo lugar em um evento da segunda divisão em Montanna na terça-feira dia 9, e foi Campeão no dia seguinte em outro evento do TPD organizado por Wiley Petersen em Fort Hall / Idaho. Apesar dos US$ 9 mil ganhos durante a semana, o competidor de 31 anos não foi convocado como ‘alternate’ para a etapa de Tulsa, pois a lista de competidores foi fechada na tarde de terça-feira. Residente de uma cidade próxima a Tulsa, McCoy está na 29ª posição do Ranking do Touring Pro Division, mas deve ser nome certo para o evento desta semana em San Antonio, substituindo algum competidor do TOP 40 lesionado, já que a PBR também reserva uma vaga para competidores que se destaquem nos eventos das últimas semanas.

*** Aproveitando sua viagem para o estado de Montanna na semana passada para participar do evento da PBR em Billings, Shane Proctor se inscreveu também em dois eventos da PRCA, que foram realizados em cidades próximas. Na quinta-feira, dia 4, ele competiu em Great Falls em um dos mais respeitados eventos do estado e os 86 pontos que ele conquistou montado o touro Dr. Phill (Jeff Robinson) não foram superados por nenhum outro competidor e ele venceu o evento. De sexta a domingo ele esteve em Billings e depois de cair dos três touros que montou, seguiu até o norte do estado onde competiu na segunda-feira em Glasgow, e conquistou outra vitória. Com as duas vitórias ele faturou US$ 5.379 e se isolou ainda mais na liderança da PRCA.

*** Cody Lambert, que é Diretor de Montarias da PBR criticou as notas dadas pelos quatro juizes no evento de Billings semana passada. Lambert sempre avalia cada montaria e faz suas avaliações e segundo ele algumas notas deveriam ter sido menores e outras maiores. Mas ele finalizou dizendo que é apenas sua opinião e que ele não veria graça neste esporte se os quatro juizes concordassem exatamente com a avaliação dele.

*** Brian Canter que esteve internado várias vezes esse ano, devido a várias cirurgias no joelho que resultaram em constantes infecções, esteve presente em Tulsa ser avaliado pelo Dr. Tandy Freeman, Médico oficial da PBR. Canter passará três meses em Los Angeles fazendo um intenso trabalho de fisioterapia. O competidor que foi uma das grandes revelações da PBR na última década declarou: Estou indo para entrar em forma e depois voltar a montar e ganhar o Campeonato Mundial.”

*** Skeeter Kingsolver iria competir em Tulsa mas decidiu não montar na última hora após ser aconselhado pelo médico da PBR. O competidor tem lesões em um nervo do ombro esquerdo que causaram a atrofia dos músculos e deve iniciar um intenso trabalho de fisioterapia com previsão de estar pronto para montar no inicio de setembro.

*** Wiley Petersen que montou pela primeira vez na temporada na semana passada depois de um longo período de recuperação devido a cirurgias no ombro esquerdo, deve ficar fora das competições o resto deste ano. O competidor teve uma lesão na virilha e outra nas costas durante o evento de Billings e pretende ficar o resto da temporada em recuperação. Como já usou um dos seus cinco eventos que tem direito de participar, ele pretende usar os quatro restantes nos primeiros eventos da temporada de 2012.

*** Ned Cross sofreu um grave acidente na terça-feira dia 9 durante um evento do Touring Pro Divison no estado de Montanna. O competidor de 26 anos quebrou três vértebras do pescoço e deve passar por exames mais detalhados no fim desta semana para saber a gravidade das lesões. Exames preliminares apontaram que ele tem 50% de chance de uma recuperação total. Cross, que já esta em sua casa no estado do Oregon, tem cinco temporadas e 92 eventos de experiência na PBR, tendo ficado em 20° lugar no Campeonato Mundial de 2010. Este ano ele montou em 10 eventos, todos no inicio da temporada e parou em apenas sete dos 24 touros que montou o que lhe fez perder a vaga no TOP 40. Em toda sua carreira ele ganhou cerca de US$ 375 mil.

*** Antes de Fabiano Vieira, a cidade de Tulsa já havia visto a vitória de outro paranaense, Edgard Lázaro de Oliveira em 2005. O evento foi o segundo dos dois vencidos por Edgard em sua temporada de estréia na BFTS, quando ficou em 31° lugar no Mundial. Além de Edgard e Fabiano também já representaram o estado do Paraná no BFTS Helton Barbosa (2005, 2006 e 2008), Ademir Cândido (Final Mundial 2006), Sinovaldo Correia (2008) Leonil Soares (2008 e 2009). Além de Marcelo Souza Cruz (2006 e 2007) que apesar de representar o estado de São Paulo é nascido no Paraná.

*** Atualmente na PBR existem dois touros com o nome Perfect Poison. O mais duro dos dois pertence aos tropeiros texanos Boyd e Floyd e é sempre usado nos Short-Go. O “Veneno Perfeito” do Texas tem 28 montarias na carreira e apenas três paradas, sendo a última na Final Mundial de 2010. Pela divisão principal da PBR ele tem 21 saídas e este ano foi utilizado na Final de cinco etapas, além de participar do Iron Cowboy e do Last Standing Cowboy e permanece sem nenhuma parada na temporada. O outro pertence a Howard Talley, proprietário da Circle T Ranch, do estado de Louisianna. Com pulos mais amenos, ele já passou pela PRCA e CBR e chegou na PBR este ano, totalizando 30 apresentações e 11 paradas desde 2009, sendo cinco de Silvano Alves, todas nesta temporada. Pela BFTS ele tem 13 saídas e apenas sete paradas.

Ranking Parcial – 22 Eventos

1 – Silvano Alves – 9.876,75 pontos

2 – Valdiron de Oliveira – 9.163,25 pontos (-713,50 pontos)

3 – Guilherme Marchi – 6.821,00 pontos (-3.055,75 pontos)

4 – Robson Palermo – 6.745,00 pontos (-3.131,75 pontos)

5 – Austin Meier – 6.141,25 pontos (-3.735,50 pontos)

6 – LJ Jenkins – 5.775,25 pontos (-4.101,50 pontos)

7 – Fabiano Vieira – 4.929,25 (-4.947,50 pontos)

8 – J. B. Mauney – 4.734,00 pontos (-5.142,75 pontos)

9 – Ryan McConnel – 4.649,25 pontos (-5.227,50 pontos)

10 – Shane Proctor – 4.583,75 pontos (-5.293,00 pontos)

Outros Brasileiros

18 – Paulo Lima – 3.268,00 pontos (-6.608,75 pontos)

28 – Renato Nunes – 1.948,25 pontos (-7.928,50 pontos)

31 – Wesley Lourenço – 1.638,75 pontos (-8.238,00 pontos)

33 – Douglas Ferreira – 1.382,25 pontos (-8.494,50 pontos)

38 – Elton Cide – 1.089,25 pontos (-8.787,50 pontos)

61 – Rubens Barbosa – 109,00 pontos (-9.767,75 pontos)

65 – Paulo Crimber – 84,25 pontos (-9.792,50 pontos)

70 – Marco Ant. Eguche – 79.50 pontos (-9.797,25 pontos)

(- Diferença para o Líder)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 14 de agosto de 2011 por em PBR.
%d blogueiros gostam disto: