ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

Rodeio de Calgary Parte 1

CALGARY STAMPEDE – O Maior Rodeio do Mundo (08 a 17 de Julho)

(by @HenRiQue_Bad)

Já consagrado como o maior Rodeio do Mundo, o Calgary Stampede se auto-intitulou o Maior Espetáculo ao ar livre do mundo. Qualquer pessoa ligada ao mundo do rodeio sempre será extremamente suspeito em afirmar isso, mas o fato é que o que acontece na cidade canadense todo ano, no mês de julho, é algo realmente inexplicável e que não deixa a desejar a nenhum outro evento do planeta, seja ele esportivo ou não. O Stampede Park, onde é realizado o evento é uma verdadeira cidade, com modernas instalações que vão desde o suporte necessário para a exposição até um Cassino, que recebe visitantes o ano todo, além de um gigantesco hotel que tem previsão de ser inaugurado nos próximos anos. Durante 10 dias, cerca de 1,2 milhões de pessoas visitam o evento atrás de atrações como Shows de Country Music e Rock, Exposições de Animais, Feira de Negócios e Tecnologia, Leilões, Torneios Agrícolas, Corrida de Carruagens e a atração que se tornou o cartão de visita do Stampede, o Rodeio.

O Rodeio, realizado numa gigantesca arena e assistido por 20 mil pessoas todas as tardes, se tornou referencia por ser o único que reúne verdadeiramente os melhores competidores do mundo em cada modalidade. A cada ano, é feito uma seleção minuciosa no que há de melhor na PBR, PRCA e CPRA, principal entidade do Rodeio Canadense, e são convocados para a arena apenas 20 competidores de cada modalidade, exceto Laço em Dupla, que não faz parte da programação. Os 20 competidores são divididos em duas ‘turmas’ e cada turma se apresenta em quatro dias, com uma apresentação por dia, valendo premiação para os cinco melhores tempos ou notas de cada dia. Após as quatro apresentações, os quatro competidores que mais somarem dólares de cada turma, se classificam diretamente para a semi-final. O restante disputa uma repescagem no nono dia, e os  dois melhores da repescagem se juntam aos oito já classificados, para a semi-final de domingo. Na semi-final, todos entram com os pontos zerados, e os quatro que fizerem as melhores apresentações ganham o direito de voltar para a Grande Final, no fim do dia. Na Final, novamente serão zerados os pontos e o competidor que fizer a melhor apresentação fica com o Título de Campeão e embolsa US$ 100 mil, além da premiação acumulada durante a semana.

Nessa primeira parte da cobertura do Calgary Stampede você vai conferir os melhores dos oito primeiros dias de evento e os classificados de cada modalidade para as semi-finais.

BAREBACK

Segundo melhor do Ranking da PRCA na atualidade, Kaycee Field foi o melhor competidor da ‘turma 1’ que se apresentou do dia 08 o dia 11 de julho. Field, venceu o segundo e o quarto Round e fechou os quatro dias com US$ 16 mil acumulados. O segundo melhor foi o tetra-campeão Mundial Bobby Mote, que venceu o Round 3 com a melhor nota do evento, 90.50 pontos, fechando com US$ 15 mil na soma das premiações. Completaram a lista de classificados desta turma, Ryan Gray, terceiro e Steven Dent, quarto colocado. Entre os seis que foram para a repescagem deste sábado estavam o líder do Mundial da PRCA, Tilden Hooper e o Campeão Mundial Kelly Timberman, além do tetra-campeão canadense e do Calgary Stampede, Davey Shields Jr.

 

A segunda ‘turma’ foi mais equilibrada e o grande vitorioso foi o tri-campeão Mundial Will Lowe. O texano já venceu o Calgary Stampede três vezes e mesmo só vencendo o Round 5, fechou a serie em primeiro lugar com US$ 11.500. Steven Peebles foi uma prova evidente de que há diferença entre fazer classificação por nota ou por dinheiro ganho. O competidor não obteve nota em sua primeira apresentação, e se fossem somadas as notas ele seria apenas o sétimo colocado da ‘turma’, mas como a classificação é contada apartir do dinheiro ganho, Peebles ficou em segundo lugar, a apenas US$ 250 de Will Lowe, depois de vencer o Round 7 e 8. Completaram o TOP 4, Dusty LaValley e Kyle Bowers, ambos com três Títulos Nacionais pela CPRA. Desta ‘turma’ ficaram para a repescagem os conhecidos Wes Steverson, Clint Cannon e o Campeão Mundial de 2008, Justin McDaniel.

BULLDOGGING

O texano Matt Reeves venceu apenas o Round 3, mas ficou bem colocado em todos os outros e terminou em primeiro lugar na primeira “turma’ de bulldogueiros com US$ 12.500 em prêmios. Billy Bugenig manteve a regularidade nos quatro dias em que competiu e terminou em segundo lugar com US$ 10 mil acumulados. Apesar de fazer um tempo alto no Round 2 e não completar a prova no Round 4, o atual Campeão Mundial Dean Gorsuch também terminou na segunda colocação, com US$ 10 mil, por ter ficado em primeiro lugar no Round 1 e segundo no Round 3. Lee Graves, que compete em casa, completou o TOP 4.

Campeão em Calgary em 2009, Trevor Knowles foi o melhor da segunda ‘turma’ com US$ 14.500 acumulados depois de ficar entre os três melhores tempos em três Rounds. Todd Maughan, líder da CPRA em 2011, foi o segundo melhor com US$ 11.250, seguido dos compatriotas Clayton Moore e Cody Cassidy, terceiro e quarto colocados respectivamente. Favoritos ao título, o bi-campeão canadense Curtis Cassidy e o atual líder do Mundial da PRCA, Luke Branquinho, não foram bem e disputam a repescagem neste sábado.

LAÇO DO BEZERRO

Shane Hanchey, Hunter Herrin, Tuf Cooper e Clif Cooper foram muito superiores aos concorrentes e se classificaram para as semi-finais com uma larga vantagem sobre os demais. Apesar de não vencer nenhum Round, Hanchey, de apenas 21 anos fechou a serie em primeiro lugar com US$ 15.500. Mesmo errando a laçada no Round 3, Hunter Herrin ficou em segundo na classificação geral, com US$ 15 mil, graças as vitórias nos Rounds 2 e 4. Tuf Cooper, que também venceu dois Rounds e seu irmão Clif Cooper completaram a lista de classificados. Entre os seis que tiveram que voltar para a repescagem estavam o atual Campeão Mundial Trevor Brazile, o Campeão Mundial de 2008, Stran Smith e o atual Campeão do Calgary Stampede, Matt Shiozawa.

Dos 10 competidores da segunda ‘turma’, apenas dois conseguiram acertar as quatro laçadas. Apesar de ser um dos maiores nomes da modalidade em todos os tempos, com oito títulos Mundiais, Fred Whitfield só venceu em Calgary duas vezes. O texano de 43 anos não venceu nenhum Round, mas prevaleceu a regularidade e ele acumulou US$ 10.500 nas quatro apresentações. Brad Goodrich, Alwin Bouchard e Trent Creager empataram na segunda colocação com US$ 10 mil cada, e ficaram com as outras três vagas para a semi-final. O penta-campeão Mundial da modalidade, Cody Ohl só acertou uma laçada e terminou a serie sem nenhum dólar ganho. Além de Ohl, nomes como o bi-campeão canadense Tyson Durfey e os Campeões de Calgary em anos anteriores, Jerome Schneeberger e Ryan Gray também tiveram que voltar pra a repescagem.

SELA AMERICANA

Campeão Mundial de 2006, Chad Ferley foi o grande destaque da primeira ‘turma’, ganhando US$ 10.500 a mais que qualquer outro concorrente. Farley venceu os Rounds 1 e 4, e ficou em segundo nos outros dois, totalizando US$ 19.500 em quatro montarias. Apesar de ter caído antes dos oito segundos no Round 3, Wade Sundell já havia sido o melhor competidor do dia anterior e na soma total ficou com US$ 9 mil, seguido do canadense Jim Berry e do americano Jessé Bail, que completaram o TOP 4. Entre os seis que voltaram para a semi-final estavam o Campeão Mundial Jeffery Willert e o tri-campeão canadense Dustin Flundra.

Bi-campeão Mundial e atual líder do Ranking da PRCA, Cody Wright confirmou o favoritismo e foi o melhor da segunda ‘turma’ em Calgary. Wright só venceu o último Round, mas nas montarias anteriores manteve a regularidade e totalizou US$ 14.500 em prêmios. Os outros três classificados foram os canadenses Luke Butterfield e Rylan Geiger e o americano Jesse Wright, irmão caçula de Cody Wright e que foi a principal revelação da modalidade em 2010. O Campeão Mundial Jesse Kruse e os premiados J.J. Elshere e Bradley Harter foram três dos seis competidores que voltaram para a repescagem na tarde de sábado.

TRÊS TAMBORES

Os Três Tambores não contou com a presença da atual Campeão Mundial, Sherry Cervi, mas a modalidade foi bem representada na arena. Campeã do Calgary Stampede em 2006, a canadense Joleen Seitz foi a melhor da primeira ‘turma’ com duas vitórias e dois terceiros melhor tempo, totalizando US$ 16.500. A segunda melhor foi outra canadense, Deb Renger, penta-campeã nacional. A experiente competidora venceu os Rounds 2 e 3 e somou US$ 14.500. A bi-campeã Mundial e líder da temporada 2011, Brittany Pozzi foi a terceira colocada com US$ 10.500, seguida de sua concorrente direta ao título Mundial da temporada, Lindsay Sears, que totalizou US$ 10 mil.

Uma das revelações da temporada 2010, Sydni Blanchard competiu pela primeira vez na arena de Calgary e simplesmente não se deixou levar pela pressão. A bela competidora de apenas 22 anos fez o melhor tempo nos quatro Rounds e se colocou como a principal favorita ao título do evento, acumulando US$ 22 mil em quatro dias. A segunda colocada foi a texana Tammy Fischer, Campeã do Calgary Stampede em 2009 e que fez o segundo melhor tempo em três dos quatro Rounds, totalizando US$ 17 mil. Sue Smith e a Campeã Canadense Gaylene Buff foram as outras duas classificadas para as semi-finais. A atual Campeã canadense, Rana Koopmans e a atual campeã do Calgary Stampede, Savanah Reeves foram duas das seis competidoras que tiveram que voltar para a repescagem na tarde de sábado.

MONTARIA EM TOUROS

A modalidade mais popular do Rodeio Mundial colocou frente a frente os principais nomes da PBR e da PRCA, e na primeira ‘turma’ apesar de não haver nenhuma nota acima de 90 pontos e nenhum competidor terminar a serie invicto, num geral, os competidores levaram a melhor sobre os touros. Corey Navare, quatro vezes finalista da PRCA e oito da PBR foi o melhor dos quatro primeiros Rounds, somando US$ 13.500. O veterano de 33 anos não venceu nenhum Round, mas ganhou dólares nos três Rounds que obteve nota, sendo derrotado apenas por Even Money (Calgary Stampede), touro que já soma 16 apresentações e apenas uma parada. Austin Meier também parou em três dos quatro touros que montou e a vitória no Round 4 montando Northern Lights (Braithwaite Ranches) lhe garantiu a segunda colocação com US$ 10 mil. O Campeão Mundial Wesley Silcox, que liderou até o terceiro Round e o líder do Mundial da PRCA Shane Proctor foram os outros dois classificados, com US$ 9.500 e US$ 8.500, respectivamente. Os Campeões canadenses Scoth Shiffner e Jesse Torkelson e os premiados Ryan McConnel e Cody Whitney foram alguns dos competidores que disputaram a repescagem em busca de uma vaga na semi-final.

O brasileiro Guilherme Marchi fazia parte da lista de convidados para o Calgary Stampede 2011, mas abriu mão de participar do evento. O único brasileiro nesta edição do evento foi Robson Palermo, mas o acreano abandonou a competição após uma lesão na segunda montaria. O melhor desta ‘turma’ foi J. B. Mauney, que luta pelo seu segundo título na cidade. Mauney foi o único dos 20 competidores a parar nos quatro touros, incluindo as vitórias nos Rounds 5 e 6, totalizando US$ 16 mil. Dustin Elliott parou nos três primeiros Rounds, incluindo a vitória no terceiro, e mesmo caindo no último Round da serie terminou em segundo lugar com US$ 14.500. O bi-campeão da PBR Canadá, Aaron Roy também parou em três dos quatro touros e se classificou para a semi-final, com US$ 8.500. Douglas Duncan, Campeão em Calgary no ano passado, caiu de dois touros, mas ganhou premiação nos outros dois e terminou em quarto lugar com US$ 7.500. Para a repescagem, foram competidores como o Campeão Mundial da PBR Mike Lee, que apesar de parar em três touros não fez nenhuma nota acima de 80 pontos, e só ganhou US$ 5 mil em diárias. Ty Pozzobon, que fez sua estréia no Calgary Stampede e briga pelo título de Melhor Novato de 2011 tanto na PBR como na PRCA, o Campeão canadense Tyler Thomson e Chance Smart, duas vezes finalista do Mundial da PRCA, também estavam nesta turma e fazem a repescagem no sábado a tarde.

Tudo o que rolou na repescagem, na tarde de sábado 16 de julho e na semi-final e final do evento, realizada no domingo 17 de julho você confere na matéria Rodeio de Calgary – Parte 2.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 16 de julho de 2011 por em Canadá, Internacional.
%d blogueiros gostam disto: