ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

J.W. Hart Challenge PBR

J. W. HART CHALLENGE

(by @HenRique_Bad)

 

Pra quem pensa que os grandes eventos da PBR param com as férias de verão da BFTS, o evento de Decatur/Texas no dia 28 de maio veio provar que não. Apesar de valer pela segunda divisão (Touring Pro Division), o evento organizado pelo ex-competidor J. W. Hart trouxe alguns dos principais nomes das arenas na atualidade, tanto competidores quanto touros.

 

J. W. Hart apesar de não ter ganho nenhum Título Mundial se tornou um dos maiores nomes da PBR em todos os tempos. Aos 36 anos, o competidor está aposentado desde 2008 e em sua carreira de 17 anos como profissional acumulou Títulos como o de Melhor Novato da PBR em 1995, Campeão da Final Mundial em 2002, além de seis vitórias na BFTS e um total de US$ 1.3 milhões em prêmios. Devido a sua experiência e talento para montar em touros, Hart foi o escolhido para ser o técnico da Seleção Americana na Copa do Mundo da PBR, nas quatro edições do evento, conquistando dois Títulos.

 

O grande Campeão do evento foi Skeeter Kingsolver que parou nos dois touros que montou e fechou a noite com 177.50 pontos. Kingsolver está em 22° no Ranking Mundial de 2011 e foi um dos únicos quatro competidores a parar no primeiro Round, conquistando 87 pontos em White Nine. No Short-Go, realizado logo em seguida e que contou com a participação de dez competidores, o competidor do Kansas montou Bad Blake (Jerry Copp) obtendo a maior nota, 90.50 pontos. Este touro ainda estava invicto em sua curta carreira de oito montarias e a vitória rendeu ao competidor US$ 5.469.

 

Kasey Hayes, também do Kansas, foi o outro único competidor a parar nos dois touros e terminou em segundo lugar na classificação final com 175 pontos. Hayes fez apenas a quinta melhor nota da primeira bateria de montarias, 85.50 pontos e na Final montou um dos touros mais falados da atualidade, RMEF Gunpowder & Lead (Jeff Robinson), conquistando 89.50 pontos, fechando o evento com US$ 3.315 em prêmios.

 

O australiano Ben Jones ficou em terceiro lugar mesmo caindo no Short-Go. O veterano havia vencido o primeiro Round com 89 pontos e também embolsou US$ 3.315. J. B. Mauney com 87 pontos foi o quarto e Ned Cross e o astro Wiley Petersen que retornou as competições depois de sete meses afastado por causa de lesão, finalizaram o TOP 5 com um empate na quinta posição.

 

O evento contou com a participação de 53 competidores, incluindo os Campeões Mundiais Mike Lee e Kody Lostroh além de figuras conhecidas no mundo da PBR como Cord McCoy, Douglas Duncan, Ryan McConnel, os australianos Jared Farley e Pete Farley e o mexicano Rocky MacDonald. Dois brasileiros também estiveram na arena, Robson Aragão, que já esteve em dois eventos da BFTS este ano e Euripdes Célio Rosa que na América é conhecido como Pim Rosa, mas os dois não obtiveram nota no primeiro Round.

 

Blog Arena Bruta

http://www.arenabruta.wordpress.com

http://www.twitter.com/Blog_ArenaBruta

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 5 de junho de 2011 por em Internacional, PBR.
%d blogueiros gostam disto: