ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

PBR Chicago

PBR CHICAGO

(por @HenRiQue_Bad)

Mantendo sua missão de levar a Montaria em Touros até a população dos grandes centros, a PBR chega novamente a Chicago, no estado do Illinois. A cidade, de quase três milhões de habitantes, é a terceira maior dos Estados Unidos e é um dos principais centros empresariais do Mundo. A nona etapa da Built Ford Tough Series 2011 foi realizada no United Center, a casa do Chicago Bulls, a mais famosa equipe de Basquete de todos os tempos. O gigantesco ginásio onde brilhou Michael Jordan, foi palco durante dois dias do desafio entre os melhores Touros e os melhor Competidores da atualidade. Dez brasileiros participaram do evento: Valdiron de Oliveira, Guilherme Marchi, Wesley Lourenço, Silvano Alves, Paulo Crimber, Elton Cide, Douglas Ferreira, Fabiano Vieira e Robson Palermo, que voltou depois de duas semanas afastado por causa de uma costela quebrada. Marco Antonio Eguche, foi convocado poucas horas antes do inicio das montarias para substituir Brett Hanrahan, e teve sua primeira oportunidade na elite da PBR. O australiano Brett, que venceu uma etapa da PBR Canadá em fevereiro, também faria sua estréia na BFTS, substituindo Kody Lostroh, mas problemas no aeroporto de Calgary, de onde embarcaria para Chicago, o deixaram fora da competição. Chris Shivers também não pode comparecer, e como o único reserva pronto pra competir era Eguche, o evento teve apenas 39 competidores, aos invés dos tradicionais 40.

 

ROUND 1

Apenas 17 dos 39 competidores obtiveram nota no primeiro Round e o brasileiro Wesley Lourenço foi o melhor de todos. Montando My Space (Dakota / Berger / Struve / Schott) o goiano obteve 88.25 pontos e a oportunidade de entrar no Round Bonus como lider. Luke Snyder obteve 87.50 pontos em Chick’N Fried (Dakota / Berger / Struve) e ficou em segundo. A terceira colocação foi dividida por Colby Yates e L. J. Jenkins com 86.75 pontos. Silvano Alves marcou 86.25 pontos em Clam Digger (Dakota / Berger / John & Lacey) e ficou na sexta colocação. Fabiano Vieira, Ben Jones, Josh Faircloth e Skeeter Kingsolver dividiram a nona colocação do Round com 85.75 pontos, e as duas últimas vagas no Short-Go Bonus teve que ser decidida usando as regras. O primeiro critério de desempate é a nota do competidor, excluindo a do touro e assim quem tinha direito a vaga era o brasileiro e o australiano Ben Jones, mas como Jones caiu de mal jeito e sentiu as costelas quebradas recentemente, abriu mão de montar e Kingsolver assumiu sua vaga, entre os 10 competidores que tinha direito a mais uma apresentação. Robson Palermo, em 13° com 85.50 pontos e Guilherme Marchi em 15° com 84 pontos completaram o time de cinco brasileiros a parar na noite.

 

SHORT-GO BONUS

Wesley Lourenço

Este Round extra contou com a participação de máquinas de pulo consagradas como Chicken on a Chain, que foi escolhido por Colby Yates, Big Tex que foi escolhido por Cody Nance e Yellow Jacket Jr. que sobrou para Skeeter Kingsolver. Das 10 montarias houve apenas duas paradas: a do americano L. J. Jenkins que marcou 88.75 pontos em Loaded Gun (Jeff Robinson / Rockin R) e a de Wesley Lourenço que venceu outro Round montando Closet Gangster (Jeff Robinson) com 91.25 pontos. Mas apesar de continuar na liderança do evento, Lourenço teve que abandonar a competição, pois ao terminar a montaria levou um pisão do touro, que chegou a arrancar seu colete devido a força do impacto. O competidor fraturou algumas costelas, que atingiram levemente seu pulmão e seu fígado, mas ele não corre riscos.

 

ROUND 3

O touro My Space (Dakota / Berger / Struve / Schott) deu pelo segundo dia seguido a maior nota do Round. Dessa vez quem estava em seu lombo era o Iron Cowboy Colby Yates, que marcou 89,75 pontos e foi para o Short-Go na terceira posição no geral. A segunda melhor nota foi de Brian Canter, que obteve 87,50 pontos depois de ser o primeiro a parar em Another Husker (Dakota / Berger / Struve) na temporada. Silvano Alves parou em Cowboy Coffee (Box K / Universal) e marcou 87,25 pontos, a terceira melhor nota do Round, e se classificou para a Final na quarta colocação. L. J. Jenkins marcou apenas 84,25 pontos em Juyce Fruit (Jeff Robinson), mas como havia parado nos dois touros da noite anterior, assumiu a liderança, sendo o único dos 10 finalistas que pararam em três animais.

 

Além de Silvano Alves, outros quatro brasileiros obtiveram nota na tarde de domingo. Robson Palermo montou Chicken Lickin (Jeff Robinson) e os 87 pontos lhe deram a classificação para o Short-Go na sexta colocação, uma posição a frente de Fabiano Vieira, que montou Wrangler (Box K / Universal) e marcou 86,50 pontos. Montando MontanaCanvas.com (Robinson / Jene Baker), o Campeão Mundial Guilherme Marchi também obteve 87 pontos e foi para a Final na décima posição. Valdiron de Oliveira também parou, 86,50 pontos em Wicked Cool (Cornwell Bucking Bulls), mas como havia caído na primeira noite não voltou para o Short-Go do evento.

 

SHORT-GO (FINAL)

Robson Palermo

A classificação apontava Wesley Lourenço na segunda colocação, mas como ele estava hospitalizado, Brian Canter, que ocupava a 11ª posição assumiu a 10ª vaga na final. Canter iria montar o touro que sobrou na escolha, Yellow Jacket Jr., mas o animal não lhe deu condições e foi substituído por Loaded Gun (Robinson / Rockin R), que lhe proporcionou 84,25 pontos. Robson Palermo escolheu Cooper Tires Wild & Out (Berger / Struve /Box K) e mostrou que voltou as competições com fome de vitórias. O brasileiro dominou a montaria e recebeu 91,25 pontos, assumindo a liderança da etapa. Na sequência veio Ben Jones, que novamente escolheu Voodoo Child (Robinson / Beutler / McNelly), que já havia lhe dado 91 pontos em Nova York este ano. O australiano, que luta contra as dores causadas por algumas costelas fraturadas, parou e marcou 86,25 pontos no touro bi-campeão da PRCA. Silvano Alves assumiu a terceira posição do evento ao parar em Mellow Yellow Jacket (Dakota / Berger / Struve / Schott) com 85,75 pontos. O americano L.J. Jenkins foi o último a montar e como estava com uma nota a mais que os outros competidores, só precisava parar para vencer seu quinto evento BFTS na carreira. Mas ele havia escolhido Gray Squirrel (New Frontier), animal que estava invicto na BFTS e permaneceu apenas 3.8 segundos.

 

A vitória ficou mesmo com Robson Palermo, a oitava do Brasil em oito etapas clássicas da BFTS, excluindo o Iron Cowboy. Foi a segunda vitória de Palermo na temporada, sexta desde 2006, quando estreou no Mundial. O brasileiro embolsou US$ 36.016,67 em três montarias e declarou que a lesão no tornozelo não o incomoda mais, porém sentiu falta de ar após as montarias em Chicago, devido as costelas quebradas.

 

CLAS. FINAL – CHICAGO/IL

1 – Robson Palermo, 263.75 pontos

2 – L. J. Jenkins, 259.75 pontos

3 – Silvano Alves, 259.25 pontos

4 – Ben Jones, 259.00 pontos

5 – Brian Canter, 255.00 pontos

6 – Wesley Lourenço, 179.50 pontos

7 – Colby Yates, 176.50 pontos

8 – Fabiano Vieira, 172.25 pontos

9 – Skeeter Kingsolver, 172.00 pontos

10 – Ryan Dirteater, 171.25 pontos

 

NOTICIAS DO CAMPEONATO

 

*** Robson Palermo foi o primeiro competidor a vencer um evento na temporada sem ter se classificado para o Round Bonus de sábado. Ele ficou na 13ª posição na primeira noite, a 0,25 pontos da classificação. O Round Bonus começou a ser disputado nesta temporada, e reúne os 10 melhores competidores até a penúltima noite.

 

*** A montaria na Final de Chicago foi a 25ª vez que Robson Palermo atingiu uma nota acima de 90 pontos desde sua estréia na elite da PBR, sendo a nona recebida em um Short-Go. Seu recorde é 92.75 pontos, conquistado em três oportunidades: uma em Saint Louis/MO e duas na Final Mundial, onde foi o Campeão, ambas em 2008.

 

*** Antes do evento de Chicago já haviam sido realizadas 856 montarias na temporada, com um aproveitamento de 42.17% para os competidores. Em oito etapas participaram 65 competidores e foram montados 361 touros diferentes.

 

*** No dia 16 de Abril será em Las Vegas o Last Cowboy Standings, que valerá como a 15ª etapa da BFTS 2011. Assim como nos eventos Clássicos, serão 40 competidores, mas o formato de competição será diferenciado. Os competidores montam no primeiro Round, e somente os que permanecerem os oito segundos tem direito de retornar para o Round 2, e assim sucessivamente até que reste apenas um competidor invicto. Serão no mínimo três e no máximo cinco Rounds, todos na mesma noite. Se após o quinto Round ainda houver dois ou mais competidores invictos, a decisão do titulo será pela soma das notas. O Campeão do evento vai embolsar sozinho US$ 100 mil, que haviam sido colocados em disputa no Iron Cowboy, mas não foi ganho por Colby Yates que devia ter parado em Super Duty.

 

*** O Touro Super Duty (Robinson / Katich / Pinnacle), um dos principais favoritos ao titulo de Touro do Ano, estará fora das arenas por um período ainda indeterminado. O touro, que foi vice-campeão Mundial em 2010 quando ainda era conhecido como Major Payne, enroscou a perna esquerda nos bretes durante sua apresentação com Silvano Alves na Final do evento de Saint Louis no dia 27/02. Não foi nada grave e segundo Jeff Robinson ele poderá retornar normalmente as arenas depois de um breve período de recuperação.

 

RANKING MUNDIAL – APÓS 9 EVENTOS

1 – Valdiron de Oliveira, 4.199.25 pontos

2 – Austin Meier, 4.142.25 pontos

3 – Silvano Alves, 3.885.75 pontos

4 – Guilherme Marchi, 3.863.00 pontos

5 – Ben Jones, 3.107.00 pontos

6 – Shane Proctor, 2.637.00 pontos

7 – J. B. Mauney, 2.407.75 pontos

8 – Dustin Elliott, 2.356.50 pontos

9 – Robson Palermo, 2.263.75 pontos

10 – L. J. Jenkins, 2.231,25 pontos

Outros Brasileiros

11 – Paulo Lima, 2.116.00 pontos

20 – Wesley Lourenço, 1.383.50 pontos

24 – Renato Nunes, 1.130,25 pontos

37 – Fabiano Vieira, 444.75 pontos

48 – Elton Cide, 173.50 pontos

53 – Paulo Crimber, 84.25 pontos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 7 de março de 2011 por em PBR.
%d blogueiros gostam disto: