ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

PBR Brazil – Paranavaí-PR

PBR BRAZIL – PARANAVAÍ/PR

17 a 20 de Fevereiro de 2011

(por @HenRiQue_Bad)

Colaboração Dep. Imagem e Comunicação PBR Brazil

Site: www.pbrnow.com.br

Twitter: @PBRBrazil

Foto André Silva (@PBRBrazil)

A ExpoParanavai mais uma vez abriu com chave de ouro a principal divisão da PBR Brazil, recebendo a elite da Montaria em Touros brasileira. A cidade de Paranavaí tem pouco mais de 80 mil habitantes e está localizada na região noroeste do Paraná, próximo as divisas com São Paulo e Mato Grosso do Sul, e realizou este ano a 40ª edição de sua tradicional Exposição Agropecuária, onde a principal atração foi a PBR Brazil. A primeira etapa Ouro da temporada reuniu os 40 melhores da temporada 2010, que proporcionaram quatro dias de espetáculo no lombo de 11 boiadas: Paulo Emilio, FR do Beto Tribulato, Junior Zamperlini, Ricardo Gattaz, Rancho Três Irmãos do Fabinho de Floreal, Juninho Calegare, Gold Company do Flávio Junqueira e sócios, Silmar Colombo, Madrugada, Santa Bulls e Marcelo Castro.

 

Round 1 – Quinta-Feira

Foto André Silva (@PBRBrazil)

Depois da belíssima abertura quem deu o show foi os touros e apenas 14 dos 40 competidores conseguiram permanecer os oito segundos. Dois paulistas e um mineiro fizeram a melhor nota da noite e receberam R$ 858 cada um de premiação diária. Eduardo Gaspar (Buritama/SP) que montou João de Barro (Junior Zamperlini), touro que deu cinco notas acima de 90 pontos em 2010; Marcos Roberto (Monte Azul Pta./SP) que montou Marlboro (Gattaz) e Marcos Fernando (Patrocínio/MG) que montou Carrapicho (Junior Zamperlini) marcaram 88.50 pontos e saíram na frente na temporada 2011. O melhor touro da noite foi Mistério (Junior Zamperlini) que recebeu 45.75 pontos após derrubar o competidor Daniel dos Santos (Piracicaba/SP), que saiu da arena desacordado, mas se recuperou em seguida.

 

Round 2 – Sexta-Feira

Na segunda noite entraram na arena 39 competidores e apenas 15 obtiveram nota. Ricardo Martins (General Salgado/SP) fez 89.75 pontos no touro Espinho (Beto Tribulato) e ficou com a primeira colocação no Round 2, recebendo R$ 1.144 e aparecendo na oitava colocação na primeira parcial de notas. Claudio Crisostomo (Barro Alto/GO) que venceu o primeiro Round na etapa da divisão de acesso em Magda/SP semana passada, montou Tatuado (Paulo Emilio) e marcou 89.25 pontos ficando com a segunda melhor nota da noite e a nona colocação na somatória geral. Marcos Roberto (Monte Azul Pta./SP) que fez a melhor nota da noite anterior montou Regente (Juninho Calegare) e ficou em terceiro com 88.50 pontos. O melhor touro da noite foi Massimo (Paulo Emilio), que derrubou Eliel Raimundo (Olímpia/SP) e obteve 46.25 pontos.

 

Após duas noites apenas sete competidores conseguiram vencer seus dois touros. Marcos Roberto (Monte Azul Pta./SP) aparecia em primeiro na classificação depois de faturar duas premiações diárias e somar 177 pontos. Em segundo estava o capixaba Alex Venturine (Nova Venecia/ES) com 174.50 pontos seguido de Eduardo Ap. Silva (Gouverlândia/GO) com 174.25 pontos.

 

Round 3 – Sábado

Foto André Silva (@PBRBrazil)

Na noite de sábado, quem brilhou foi um Campeão Nacional da PBR Brazil. Thiago Paguioto (Itajobi/SP), que venceu o Campeonato em 2009, montou Magnun (Paulo Emilio) e marcou 88.50 pontos, vencendo o terceiro Round. Edevaldo Ferreira (Andradina/SP), o maior vencedor de etapas da entidade brasileira, montou Mal Dizer (Paulo Emilio) e foi o segundo melhor com 88 pontos. Na terceira colocação empate entre dois goianos com 87.25 pontos. O experiente Walace Vieira (Goiânia/GO) montou Chamego (Madrugada) e Eduardo Ap. Silva (Gouverlândia/GO) assumiu a liderança do evento ao parar em Fim de Festa (Silmar Colombo).

 

DUELO BRAHMA

Foto André Silva (@PBRBrazil)

O Duelo Brahma sofreu algumas alterações para a temporada 2011. Agora ele é realizado apenas uma vez por evento, ao invés de três ou quatro como foi na temporada passada. O competidor que obtiver a maior nota até no sábado (ou véspera da última noite) tem o direito de montar um touro pré-selecionado e se parar ele fatura R$ 5 mil, e se cair a premiação acumula. Outra mudança é que sempre será o mesmo touro, até ele ser vencido ou haverá um segundo animal quando coincidir datas das etapas.

 

O animal selecionado pelo Diretor de Montarias da PBR Brazil, Emerson de Souza Leonardo (Turú) para iniciar o Duelo Brahma foi o touro Agressivo (Paulo Emilio), Melhor Touro da Temporada 2010. Ricardo Martins (General Salgado/SP) foi o desafiante, mas não permaneceu os oito segundos e o Bônus acumulou para o próximo evento Brahma Super Bull.

 

Round 4 – Domingo

Apenas três competidores chegaram na noite de domingo sem cair de nada: Eduardo Ap. Silva (Gouverlândia/GO) com 261.50 pontos; Marcos Roberto (Monte Azul Pta./SP) com 260.25 pontos e Paulo Vitor (Ibirapuâ/BA) com 253 pontos. Montando o Touro Grafite (Silmar Colombo), Marcos Roberto (Monte Azul Pta./SP) que já havia vencido o primeiro Round, voltou a vencer, com 88.50 pontos, assumindo a liderança do evento. Marcos Fernando (Patrocínio/MG) marcou 88 pontos em Mato Grosso (Silmar Colombo) e Alex Venturine (Nova Venecia/ES) com 87.50 pontos em Nada Consta (Gold Company / Terra Alegre) ficaram respectivamente em segundo e terceiro lugares no Round 4. Após quatro montarias, apenas Marcos Roberto, primeiro colocado e Eduardo Ap. Silva, segundo colocado, chegaram a final invictos. Completaram o time de finalistas: Alex Venturine (3°); Paulo Vitor (4°); Marcos Fernando (5°); Edevaldo Ferreira (6°); Marcio Chaves (7°) e Ricardo Martins (8°).

 

Falando em Final de Paranavaí, impossível não lembrar do saudoso Sinovaldo Correia de Mello, o Jabá, que foi Campeão Brasileiro pela PRT (Profissionais de Rodeio em Touros), entidade que se tornou oficialmente a PBR Brazil alguns anos mais tarde. Jabá faleceu em 7/junho/2010 por complicações após um acidente em uma etapa da PBR Brazil, e meses antes, havia feito a segunda maior nota da Final em Paranavaí, 90.75 pontos no touro Danger (Paulo Emilio)

 

Final (Short-Go)

Eduardo Ap. Silva no Touro Mistério

O público presente em Paranavaí foram os grandes homenageados da grande Final. Com uma boiada digna de Short-Go de Final de Campeonato e uma peãozada empenhada em começar a temporada em uma boa colocação, o que se viu foi um verdadeiro espetáculo. Os competidores que estavam na oitava, sétima e sexta colocações foram os primeiros a montar, e não permaneceram os oito segundos. Na sequência veio Marcos Fernando (Patrocínio/MG) que desafiou Massimo (Paulo Emilio). O mineiro que no ano passado foi Campeão em dois eventos da PBR Brazil (Betim – Sta. Helena de Goiás), fez a primeira nota acima de 90 nesta temporada, 91.75 pontos, mas como havia caído de dois touros não ultrapassou os lideres.

 

Marcos Roberto no Touro Saruê

O quarto e o terceiro colocado também caíram e ai chegou a vez dos dois invictos decidirem quem ficaria com o título. Eduardo Ap. Silva (Gouverlândia/GO) escolheu o touro Mistério (Junior Zamperlini), animal que deu quatro notas acima de 90 pontos em 2010 e enlouqueceu o público com uma belíssima montaria que lhe rendeu 92.25 pontos, e a liderança provisória. Marcos Roberto (Monte Azul Pta./SP) havia escolhido Saruê (Junior Zamperline), touro que deu uma das duas maiores notas da temporada 2010 e não decepcionou. Fechou a etapa com mais um espetáculo de 92 pontos e conquistou sua primeira vitória na PBR Brazil.

 

O Campeão de Paranavaí Marcos Roberto

COLOCAÇÃO FINAL – PARANAVAÍ/PR (Brahma Super Bull – Ouro)

1 – Marcos Roberto (Monte Azul Pta./SP), 440.75 pontos

2 – Eduardo Ap. Silva (Gouverlândia/GO), 439.25 pontos

3 – Marcos Fernando (Patrocínio/MG), 268.25 pontos

4 – Alex Venturine (Nova Venécia/ES), 262.00 pontos

5 – Paulo Vitor (Ibirapuâ/BA), 253.00 pontos

6 – Edevaldo Ferreira (Andradina/SP), 176.25 pontos

7 – Márcio Chaves (Botucatu/SP),174.50 pontos

8 – Ricardo Martins (General Salgado/SP), 174.25 pontos

 

Melhor Touro

1 – Mistério (Junior Zamperline), 45.75 pontos

 

Melhor Boiada

1 – Cia Paulo Emilio (S. J. Rio Preto/SP), 1.599.50 pontos

 

Agradecimento: Agradeço ao grande amigo André Silva, do Departamento de Imagem e Comunicação da PBR Brazil, pela colaboração e pelo atendimento prestativo, deixando registrado que é um exemplo a ser seguido por outras assessorias de imprensa do Rodeio brasileiro.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 23 de fevereiro de 2011 por em Brasil, PBR Brazil.
%d blogueiros gostam disto: