ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

PBR Sacramento

PBR SACRAMENTO (2ª Etapa)

14 e 15 de Janeiro

O Mundial da PBR chegou mais uma vez a capital da Califórnia. O evento, já tradicional na principal divisão da entidade, reuniu durante dois dias os competidores TOP 40 da PBR e cerca de 90 touros da elite norte americana e marcou a volta de Robson Palermo e Chris Shivers, que não participaram da primeira etapa em Nova York, na semana passada.

Renato Nunes (PBR Photo)

Com a volta de Robinho Palermo, que não montou na primeira etapa por problemas particulares, foram sete brasileiros competindo em Sacramento, e o resultado não poderia ser outro. Mesmo vencendo apenas um dos quatro Rounds, os brasileiros deixaram claro quem encabeçaria mais uma vez o campeonato.

Round 1

Renato Nunes, atual Campeão Mundial, montou o touro Magic (Jeff Robinson / Gene Baker) marcando 86.75 pontos e dividiu a vitória do Primeiro Round com o australiano Ben Jones, que montou Juyce Fruit (Jeff Robinson) e o americano Shane Proctor, que montou Filmore Heat (Crown 7). Silvano Alves montou Wild Child (D & H Cattle co.) terminando o Round na sétima colocação e 85.25 pontos. Guilherme Marchi, Valdiron de Oliveira, que liderava o Campeonato e Robson Palermo foram os outros brasileiros a obterem nota mas ficaram fora do Round Bonus. O americano Jody Newberry, levou um pisão ao cair de Zip Code (Sis & Stan’s) e saiu da arena desacordado, mas retomou os sentidos mais tarde e permaneceu no hospital em observação.

Round 2 (Short-Go Bonus)

Sete americanos, dois brasileiros e um australiano voltaram para a arena para a disputa do Short-Go Bonus. Os dois brasileiros pararam em seus touros, Renato Nunes (Straight Jacket) e Silvano Alves (RMEF Gunpowder & Lead), ambos do tropeiro Jeff Robinson e empataram na segunda colocação do Bonus com 85.50 pontos. O único americano a parar foi Austin Meier, que montou Commotion (D & H Cattle Co.) e terminou na quarta colocação. A vitória foi de Ben Jones com 89.25 montando Hot Stuff (D&H Cattle Co.), assumindo a liderança do evento com 176 pontos.

Round 3

A melhor montaria deste Round foi de Colby Yates, 88 pontos no touro Tight Rope (Jeff Robinson) mas como havia caído na noite anterior, não se classificou para o Short-Go. Ben Jones parou em Zip Code (Sis & Stan’s), touro que havia machucado Jody Newberry na noite anterior e manteve a liderança. Entre os brasileiros, apenas Guilherme Marchi que montou o invicto Little Hummer (Humpz & Hornz) não obteve nota. Robson Palermo foi o quinto melhor do Round obtendo 86.75 pontos no touro Secretary of Soul (Don Kish). Renato Nunes montou Vegemite (Brendon Clark / Hollister) e se manteve na segunda posição, seguido de Silvano Alves que parou em Jefferey Scott’s TT (Jeff Robinson).

Short-Go (Final)

Quatro brasileiros estiveram entre os 10 melhores que decidiram a etapa. Robson Palermo foi o primeiro a montar, mas permaneceu apenas três segundos no touro Bushwaker (Julio Moreno / Richard Oliveira), terminando o evento na décima posição. Austin Meier veio na sequência e fez a maior nota do Short-Go, 91 pontos no lombo de MoeBandy.com (D & H Cattle Co.) mas foi apenas o quinto na classificação final. Renato Nunes escolheu o touro Havaiian Ivory (Flying U), animal que tinha apenas 15 paradas em 71 montarias na carreira, e obteve 87.50 pontos, assumindo a liderança momentânea do evento. Ben Jones foi o último a montar e precisava de apenas 82 pontos para garantir a vitória, mas caiu de High Octane Hurricane (West Coast).

A vitória foi de Renato Nunes com 345.25 pontos e US$ 38.176 nos dois dias de evento, sexto no ranking. Silvano Alves somou 342.25 pontos e ficou em segundo lugar em Sacramento e agora é o quarto melhor da temporada após duas etapas. Ben Jones lidera o ranking, mas está a apenas 47.75 pontos de Valdiron de Oliveira, segundo na classificação do mundial e único competidor invicto até agora na temporada.

Clas. Final – 2ª Etapa

1 – Renato Nunes, 345.25 pontos

2 – Silvano Alves, 342.25 pontos

3 – Ben Jones, 263.25 pontos

4 – Valdiron de Oliveira, 256.75 pontos

5 – Austin Meier, 252.00 pontos

6 – Dustin Elliott, 172.75 pontos

7 – Shane Proctor, 172.50 pontos

8 – Douglas Duncan, 169.75 pontos

9 – Pistol Robinson, 168.50 pontos

10 – Robson Palermo, 157.25

Ranking Parcial – Após 2 eventos

1 – Ben Jones, 1.850,00 pontos

2 – Valdiron de Oliveira, 1.802,25 pontos

3 – Dustin Elliott, 1.215,50 pontos

4 – Silvano Alves, 988,25 pontos

5 – Paulo Lima, 944,50 pontos

6 – Renato Nunes, 910,25 pontos

7 – J. B. Mauney, 878,25 pontos

8 – Jordan Hupp, 729,00 pontos

9 – Douglas Duncan, 725,25 pontos

10 – Austin Meier, 672,00 pontos

Um comentário em “PBR Sacramento

  1. Rogerio Veronez
    16 de janeiro de 2011

    Estamos começando o ano de 2011 com a roseta direita… veremos vários competidores brasileiros no top 10 no final do campeonato.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 16 de janeiro de 2011 por em PBR.
%d blogueiros gostam disto: