ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

NFR – Round 9

J. W. Harris e Sherry Cervi se tornam Tri-Campeões Mundiais

 

(por @Henrique_Bad)

Salva-Vidas Kelly Jennings em ação

MONTARIA EM TOUROS

 

Quando Cody Whitney e Kanin Assay caíram de Multi-chen Comet’s Surprise e Little Juyce, respectivamente, Wesley Silcox sabia que não havia mais nada a se fazer para conquistar seu segundo Mundial. Mesmo assim, o super campeão de 25 anos fez sua parte e venceu seu sexto Round em cinco participações na WNFR montando Playmate (Silverado Rodeo) com 90 pontos.

J. W. Harris Tri-Campeão Mundial

Com o terceiro titulo Mundial garantido, J. W. Harris encerrou a noite montando Insaniac (4 L & Diamond S Rodeo) marcando 89.50 pontos e garantindo a segunda colocação da noite. Com esta montaria ele garantiu também o bi na WNFR, pois parou em dois touros a mais que os outros competidores faltando apenas uma rodada.

 

Com a conquista do Mundial, Harris se tornou o primeiro Tri-campeão Mundial consecutivo desde Don Gay, que venceu entre 1979 e 1981 e entrou para um seleto grupo de nove competidores a vencerem três ou mais campeonatos na história da PRCA.

 

SELA AMERICANA

J. J. Elshere

Wade Sundell, Cody DeMoss, JJ Elshere e Jesse Wright empataram com a segunda melhor nota da noite, 84.50 pontos, recebendo US$ 9.038 cada um. A vitória foi de Cort Scheer, que faz sua primeira Final Mundial e montou Let’er Rip (Frontier Rodeo), segundo e terceiro melhor cavalo de Sela Americana em 2009 e 2010, respectivamente.

 

Sundell assumiu a liderança do evento com apenas 1,5 pontos a frente de Cody Wright, que terminou a noite com a sétima melhor nota, sem premiação. A noite de hoje promete ser a mais quente da modalidade em todos os tempos, pois Cort Scherr que após a vitória na noite passada pulou para a terceira posição do ranking, não tem chances reais de brigar mais pelo título, deixando a definição para os dois primeiros colocados. Wright ainda lidera, mas agora Wade Sundell está a apenas US$ 592 de diferença, ou seja, quem obtiver a maior nota é o Campeão Mundial de 2010.

 

Cody Wright, que chegou em Las Vegas na terceira posição do Mundial e lidera desde o Round 3, monta hoje Painted Valley (Harry Vold Rodeo), eleito o Melhor Animal de Sela Americana da temporada e que pode proporcionar uma das maiores notas da história da National Finals Rodeo. Sundell, vai encerrar sua segunda participação na WNFR montando Blue Too (Franklin Rodeo), animal que já deu 85 pontos no Round 5 deste ano e pode se tornar o primeiro competidor do estado do Iowa a ser campeão da modalidade.

 

BAREBACK

Kelly Timberman

A melhor montaria da noite foi de Kelly Timberman, Campeão Mundial de 2004, com 86.50 pontos a bordo de Bar Bandit (J Bar J Rodeo Inc.). Timberman é o terceiro na soma das Finais mas ocupa apenas a oitava posição no Mundial e entra na ultima noite de disputa sem chances de titulo.

 

Steve Dent, líder do ranking desde o Round 3, completou sua quinta noite sem premiação e apesar de estar invicto ocupa apenas a oitava posição na WNFR, sem chances reais de vencer o evento. Mas hoje pode fazer não somente sua melhor apresentação em Las Vegas como pode conquistar a maior nota das Finais, pois irá montar Big Tex (Classic ProRodeo), Melhor Animal de Bareback da temporada e que foi responsável pela maior nota da história da modalidade, 94 pontos, este ano.

 

Bobby Mote, fez a terceira melhor apresentação do Round 9 e assumiu a segunda colocação do ranking, com pouco menos de US$ 6 mil atrás do líder, o que joga toda pressão pra cima de Steve Dent, que precisa obter uma excelente nota na noite de hoje, pois Mote está em segundo na soma geral da WNFR 2010, e além da premiação diária, os oito primeiros colocados da soma dos 10 dias ainda recebem premiação extra. Kaycee Feild, Clint Cannon e Justin McDaniel, que estão a frente de Dent na classificação da Final, ainda estão na disputa pelo título.

 

TRÊS TAMBORES (WPRA)

Sherry Cervi, com a premiação conquistada pelo quarto melhor tempo do Round 9 garantiu por antecipação o título da temporada e se tornou a quinta tri-campeâ da modalidade desde 1948. Cervi abriu US$ 85 mil de vantagem para a segunda colocada no ranking, Lindsay Sears, e como ainda tem a premiação Final da WNFR 2010, não pode ser mais alcançada.

 

A campeã do Round 9 foi a loira Angie Meadors, que também havia vencido o Round 4, no último domingo. Angie, fez sua primeira Final Mundial aos 14 anos, em 1990, mas desde 1996 não se classificava para o evento. A cowgirl que nasceu no Alaska mas reside em Blanchard-Oklahoma, subiu da 13ª para a oitava posição no ranking.

 

Jill Moody, de 45 anos, reassumiu a liderança das Finais 2010 com o terceiro melhor tempo da noite de sexta com uma média de 13.82 segundos por noite. Moody, que já competiu em Las Vegas em 2007 e 2008 busca seu primeiro título no evento.

 

BULLDOGGING

Curtis Cassidy e Dean Gorsuch terminaram suas apresentações em 3.60 segundos e dividiram a vitória no Round de sexta-feira. Ambos mantiveram a segunda e a terceira posições no Mundial, respectivamente, mas Gorsuch, Campeão Mundial de 2006, pela primeira vez assumiu a ponta na classificação geral da WNFR 2010 com a média de 4.54 segundos por Round.

Dean Gorsuch

 

Luke Branquinho não completou a prova e caiu para a sétima posição nas Finais mas entra na noite decisiva ainda como líder do ranking. Este erro na noite passada pode lhe custar o título Mundial, pois se Dean Gorsuch completar sua prova com um bom tempo, garante uma das três primeiras posições da WNFR 2010, e a premiação obtida lhe garante o Mundial. Curtis Cassidy e Trevor Knowles também tem boas chances de chegarem ao título, Todd Suhn, ainda tem chance matemática mas depende de tropeços dos quatro concorrentes que estão a sua frente.

 

LAÇO EM DUPLA

Os lideres da temporada Clay Tryan e Travis Graves venceram seu primeiro Round nesta final com uma laçada de 4.20 segundos. Apesar da primeira posição no ranking, entram na noite decisiva não dependendo somente deles, pois ocupam a quinta colocação na media geral da Final 2010 e seus concorrentes diretos ao título, Trevor Brazile e Patrick Smith ocupam a segunda colocação na soma geral dos 9 Rounds e se as posições se mantiverem, Trevor e Smith ganham o Mundial, por conta da premiação Final da WNFR 2010.

 

Luke Brown e Martin Lucero, que lideram o evento também tem chances de conquistarem o título da temporada, mas dependem de uma mal laçada das duas duplas que estão a sua frente.

 

LAÇO DO BEZERRO

Ryan Jarret, único a tirar o título Mundial de All-Around Cowboy de Trevor Brazile nas últimas nove temporadas fez o melhor tempo da noite no Laço do Bezerro, com uma laçada de 7.10 segundos. Jarret, que também compete no Bulldogging e no Laço em Dupla, já foi Campeão das Finais nesta modalidade em 2005, mas este ano passou longe da briga tanto pelo Mundial quanto pelo título da WNFR, e ocupa a 10ª e 13ª posições, respectivamente.

 

Trevor Brazile, que fez o segundo melhor tempo da noite abriu US$ 35 mil de vantagem sobre Cody Ohl, que perdeu a laçada no Round 9. Apesar de estar em segundo no ranking, Ohl entra na noite de sábado sem chances de brigar pelo seu sexto título Mundial na modalidade, pois é apenas o 14ª da média das nove noites. Mesmo que vença este último Round ele só pode atingir no máximo a 10ª posição das Finais, e sua soma não é suficiente para alcançar Brazile.

 

Tuf Cooper, terceiro no Mundial e quarto nas Finais e Shane Hanchey, líder da Final e quarto no Mundial são os únicos que tem chances de derrotarem Trevor Brazile, mas a situação do dodeca-campeão Mundial é tranqüila. Ele precisa ganhar apenas US$ 24 mil para garantir o título, e vale lembrar que os oito primeiros colocados da média dos 10 dias recebem premiação, além dos seis melhores do Round.

 

Completando sua excepcional carreira, o competidor já superou seu próprio recorde de prêmios em uma só temporada, US$ 425.115, estabelecido em 2007, quando ganhou a chamada Tríplice Coroa (Campeão Mundial como Cowboy Completo, Laço do Bezerro e Apartação de um só Bezerro). Com as premiações que deve ganhar na ultima noite da WNFR ele deve ultrapassar a marca dos US$ 500 mil ganhos somente em 2010 e se conquistar os títulos no Laço do Bezerro e Laço em Dupla, conquistará a Tríplice Coroa pela segunda vez, feito que apenas Everet Bowman (Cowboy Completo, Bareback e Saddle Bronc em 1934 – Cowboy Completo, Laço do Bezerro e Steer Roping em 1935) e Jim Sholders (Cowboy Completo, Bareback e Montaria em Touros em 1956-57-58) conseguiram na história da PRCA.

 

Brazile carregando a bandeira texana na abertura da WNFR

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 11 de dezembro de 2010 por em PRCA, WNFR 2010.
%d blogueiros gostam disto: