ARENA BRUTA – Rodeio com mais conteúdo

O melhor conteúdo sobre o verdadeiro esporte do Cowboy

Brazile Confirma Oitavo Titulo

Trevor Brazile é o maior Cowboy Completo da história da PRCA

(por @HenRiQue_Bad)

Na sexta-feira, 02 de dezembro, quando amarrou três pernas do bezerro e olhou a marca de 8.10 segundos no placar, Trevor Brazile sabia que havia deixado de ser apenas o competidor mais premiado da década, e se tornado o maior Cowboy da PRCA de todos os tempos, sendo o único a vencer o All Around Cowboy (Cowboy Completo) oito vezes.

Trevor competindo no Laço do Bezerro

Ty Murray igualou o recorde pertencente a Lary Mahan e Tom Ferguson em 1994, depois de ganhar seis Mundiais seguidos montando em Touros, Bareback e Sela Americana, mas só conseguiu quebrar o recorde em 1998, depois de passar três temporadas lutando contra contusões.

O Oitavo Título de Trevor Brazile

Teoricamente com o título garantido, Brazile apenas vivia a expectativa de qual Round seria a confirmação matemática do recorde, pois seu principal concorrente, Curtis Cassidy entrou para as Finais com US$ 130 mil a menos, e precisava pontuar bem todas as noites e ainda torcer por uma má fase do texano para ultrapassá-lo.

Já no primeiro Round, Cassidy errou a descida na cabeça do boi competindo no Bulldogging, enquanto Brazile fez o terceiro melhor tempo no Laço em Dupla, somando mais US$ 10.450 e deixando evidente que seu oitavo Titulo viria ainda no primeiro fim de semana das Finais. Na sexta-feira, durante o segundo Round, Curtis Cassidy completou a prova, mas o tempo de 5.50 segundos o colocou apenas na 10ª posição da noite, o deixando sem premiação alguma.

Trevor Brazile - 8 Vezes Campeão Mundial All-Around Cowboy

Naquele momento começaram os cálculos e a expectativa de uma noite histórica, pois Trevor Brazile ainda competiria em duas modalidades. A conta era simples, Cassidy, mesmo se fizesse o melhor tempo nos oito Rounds restantes e vencesse a WNFR, só poderia chegar a US$ 322.466,86, e Brazile antes de competir no 2º Round já acumulava US$ 306.861, precisando de US$ 15.606 para garantir o título matematicamente.

Competindo ao lado de Patrick Smith, Trevor fez 4.30 segundos e garantiu a segunda posição no Laço em Dupla na noite, ganhando US$ 13.840,14 e ficando a US$ 1.765 de entrar para a história da PRCA.

Começa o Laço do Bezerro, depois dos outros 14 concorrentes se apresentarem é a vez de Trevor Brazile, que precisa laçar em 8.30 segundos ou menos, para garantir uma das seis diárias e confirmar o título.

Concentração é seu ponto forte, e certamente ele não deixou que a ansiedade e a pressão o atrapalhassem, afinal ele estava em uma posição muito confortável e se a confirmação não viesse naquela noite, viria nas próximas. Mas numa história digna de um roteiro de filme ele laça em 8.10 segundos, fechando o segundo Round na sexta posição, recebendo US$ 2.824,52.

Trevor descendo para amarrar o bezerro

Trevor chegou a US$ 323.525,66 na temporada, US$ 1.058 a mais do que Cassidy pode acumular se ganhar todos os Rounds seguintes e foi aplaudido de pé pelas mais de 17 mil pessoas que lotaram o Thomas & Mark Center.

O texano de 34 anos faturou sua 12ª fivela de Campeão Mundial, sendo Oito All-Around Cowboy (2002 / 2003 / 2004 / 2006 / 2007 / 2008 / 2009 / 2010), Dois no Laço do Bezerro ( 2007 / 2009) e Dois no Steer Roping (2006 / 2007), ficando atrás apenas de Guy Allen que tem 18 campeonatos no Steer Roping e Jim Shoulders com 16 Mundiais na Montaria em Touros, Bareback e All-Around Cowboy.

O Título de Melhor Cowboy Completo da temporada torna-se importante porque o competidor tem que se dedicar a pelo menos duas modalidades durante a temporada e estar sempre entre os melhores em cada uma delas, o que torna a competição ainda mais difícil. Clay Carr, foi o primeiro a vencer a competição duas vezes (1930 / 1933) e durante 24 anos esse foi o recorde, igualado por outros quatro atletas.

O lendário Jim Sholders foi Campeão Mundial All-Around Cowboy em 1949, 1956, 1957, 1958 e 1959, sendo o maior vencedor até 1970 quando Larry Mahan igualou sua marca com 5 vitórias consecutivas (1966 / 1967 / 1968 / 1969 / 1970). Larry voltou a vencer em 1973, estabelecendo um novo recorde, com seis Títulos. Entre 1974 e 1979, Tom Ferguson também conquistou seis títulos consecutivos e o recorde permaneceu por mais 15 anos.

Ty Murray, que aos sete anos de idade prometeu que quando crescesse iria bater esse recorde, ganhou sua primeira fivela em 1989, repetindo a dose nos cinco anos seguintes, igualando o recorde de Mahan e Ferguson. Em 1998, depois de três temporadas fracas por causa de contusões, Murray venceu a disputa na Montaria em Touros e com a soma do dinheiro ganho em Bareback e Sela Americana, estabelceu o novo recorde, de sete títulos como Cowboy Completo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado em 5 de dezembro de 2010 por em Internacional, PRCA, WNFR 2010.
%d blogueiros gostam disto: